Caixa reduz piso de juros do crédito imobiliário

O banco já havia cortado em até 1 ponto porcentual as taxas para financiamentos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo

A Caixa Econômica Federal anunciou mais uma redução nos juros cobrados em financiamentos imobiliários.

A menor taxa de juros cobrada pela Caixa passará agora de 7,50% mais a Taxa Referencial (TR) para 6,75% mais TR. A maior taxa vai de 9,50% mais TR para 8,50% mais TR. A Taxa Referencial foi criada em 1991 e é usada como um fator de correção monetária de empréstimos, do FGTS e de investimentos. Hoje, a TR está zerada.

Segundo o banco, as novas taxas passam a valer em 6 de novembro. O corte de juros valerá para créditos com saldo devedor atualizado pela TR no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI).

Essa é a segunda redução de juros anunciada pela Caixa em menos de um mês. No dia 8 de outubro, o banco já havia cortado em até 1 ponto porcentual as taxas para financiamentos imobiliários com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.