As ações mais recomendadas para abril, segundo 20 corretoras

Levantamento da exame aponta os papéis mais recomendados por analistas de bancos, corretoras e casas de análises para investir na Bolsa neste mês

As ações da Vale (VALE3) lideraram o ranking das recomendações de bancos, corretoras e casas de análise para fevereiro. Os papéis da mineradora foram citados em 9 das 20 carteiras consultadas pela exame neste mês.

Segundo os analistas consultados, as ações da companhia estão baratas, sendo negociadas a 43,22 reais, contra preço-justo de 64 reais, cada papel. Eles destacaram ainda que do ponto de vista operacional, a demanda por minerais ferrosos deve continuar forte, especialmente na China, onde a produção de aço segue firme. Entretanto, acrescentam que a pandemia de coronavírus de continuar pressionando o papel no curto prazo.

Em março, o Ibovespa fechou em queda de 29,90%, a maior queda dos últimos 20 anos. A carteira de todas as corretoras registrou desvalorização no período, o pior desempenho foi a do Santander, que caiu 39,90% no período.

A cada mês, as casas consultadas enviam a EXAME um portfólio contendo 10 ações e seus respectivos pesos. Para saber quais foram as ações mais recomendadas no mês passado veja aqui.

Veja as ações mais indicadas para abril, e na sequência, a carteira recomendada por cada casa de análise:

Ação Recomendações
Vale (VALE3) 12
JBS (JBSS3) 9
Magazine Luiza (MGLU3) 9
Petrobras (PETR4) 9
B3 (B3SA3) 8
Bradesco (BBDC4) 6
Itaú Unibanco (ITUB4) 5
Sanepar (SAPR11) 5
Pão de Açúcar (PCAR3) 4
Lojas Renner (LREN3) 5
Pão de Açucar (PCAR4) 2
Raia Drogasil (RADL3) 5
Marfrig (MRFG3) 5
SCL Agricola (SLCE3) 5
WEG (WEGE3) 5
Equatorial (EQTL3) 4
Engie (EGIE3) 4
Sanepar (SAPR4) 4
Hapvida (HAPV3) 4
Suzano (SUZB3) 4
Hypera (HYPE3) 3
Telefônica Vivo (VIVT4) 3
Locamerica (LCAM3) 3
Klabin (KLBN11) 3
Eztec (EZTC3) 3
Rumo (RAIL3) 3
Klabin (KLBN4) 3
Cesp (CESP6) 2
Transmissão Paulista (TRPL4) 2
Via Varejo (VVAR3) 2
ETF do S&P 500  (IVVB11) 2
CSN (CSNA3) 2
CVC (CVCB3) 2
Fleury (FLRY3) 2
Multiplan (MULT3) 2
Log Comercial (LOGG3) 2
Alpargatas (ALPA4) 2
Movida (MOVI3) 2
Ambev (ABEV3) 2
BB Seguridade (BBSE3) 2
Eletrobras (ELET3) 1
Eletrobras (ELET6) 1
Ultrapar (UGPA3) 1
Petrobras (PETR3) 1
YDUQS (YDUQ3) 1
Lojas Americanas (LAME4) 1
Cyrela (CYRE3) 1
MRV (MRVE3) 1
Taesa (TAEE11) 1
BTG Pactual (BPAC1 1
Iguatemi (IGTA3) 1
Arezzo (ARZZ3) 1
Totvs (TOTS3) 1
Cosan (CSAN3) 1
Centauro (CNTO3) 1
Neoenergia (NEOE3) 1
Odontoprev (ODPV3) 1
Hermes Pardini (PARD3) 1
Oi (OIBR3) 1
Porto Seguro (PSSA3) 1
Natura (NTCO3) 1
Guararapes (GUAR3) 1
Panvel (PNVL3) 1
BR Properties (BRPR3) 1
CPFL (CPFE3) 1
Randon (RAPT4) 1
Atacadão (CRFB3) 1
BRF (BRFS3) 1
Eneva (ENEV3) 1

 

Corretora/Casa de Análise/Banco de investimento Desempenho em março
Planner -19,23%
Rico -11,83%
Mycap -25,49%
Socopa -25,63%
Nova Futura -26,55%
Modalmais -27,8%
Ágora Investimentos -28,00%
BB Investimentos -31,26%
Benndorf Research -33,93%
Elite Investimentos -34,17%
Necton -34,7%
XP Investimentos -35,4%
Genial Investimentos -35,46%
Ativa Investimentos -35,83%
Terra Investimentos -36,80%
Toro Investimentos -38,05%
Guide -38,53%
Quantitas -38,92%
Capital Research -39,3%
Santander -39,99%

Ágora Investimentos 

Desempenho em março: -28%
Ações incluídas: Itaú Unibanco, Cesp, Pão de Açúcar.
Ações retiradas: B2W, Energisa e Trisul.

Ação Peso, em %
Itaú Unibanco (ITUB4) 10
Eletrobras (ELET6) 10
Cesp (CESP6) 10
JBS (JBSS3) 10
Magazine Luiza (MGLU3) 10
Sanepar (SAPR11) 10
Pão de Açucar (PCAR3) 10
Hypera (HYPE3) 10
Lojas Renner (LREN3) 10
Ultrapar (UGPA3) 10

Ativa

Desempenho em março: -35,83%
Ações incluídas: Telefônica Vivo, Engie, e Raia Drogasil.
Ações retiradas: BR Properties, Iguatemi e Lojas Renner.

Ação Peso, em %
Petrobras (PETR4) 10
Vale (VALE3) 10
Equatorial (EQTL3) 10
Itaú Unibanco (ITUB4) 10
Telefônica Vivo (VIVT4) 10
Engie (EGIE3) 10
YDUQS (YDUQ3) 10
Pão de Açucar (PCAR3) 10
Lojas Americanas (LCAM3) 10
Raia Drogasil (RADL3) 10

BB Investimentos

Desempenho em março: -31,26%
Ações incluídas: Transmissão Paulista.
Ações retiradas: Taesa.

Ação Peso, em %
Bradesco (BBDC4) 10
Cyrela (CYRE3) 10
Itaú Unibanco (ITUB4) 10
Klabin (KLBN11) 10
Marfrig (MRFG3) 10
MRV (MRVE3) 10
Raia Drogasil (RADL3) 10
Sanepar (SAPR11) 10
Transmissão Paulista (TAEE11) 10
Via Varejo (VVAR3) 10

Benndorf Research

Desempenho em março: -33,93%.
Ações incluídas: SCL Agrícola, ETF do S&P, Telefônica Vivo, Magazine Luiza, Vale, Marfrig e WEG.
Ações retiradas: Minerva Foods, Lojas Americanas, Raia Drogasil, IRB Brasil, Eztec.

Ação Peso, em %
Taesa (TAEE11) 4
SCL Agricola (SLCE3) 4
ETF do S&P 500 (IVVB11) 38
JBS (JBSS3) 10
Vale (VALE3) 10
Telefônica Vivo 3
Magazine Luiza (MGLU3) 10
Bradesco (BBDC4) 4
Marfrig (Mrfg3) 9
WEG (WEGE3) 8

Capital Research

Desempenho em março: -39,3%
Ações incluídas: Bradesco, BTG Pactal e SLC Agricola.
Ações retiradas: Banco do Brasil, Even e Tegma.

Ação Peso, em %
Bradesco (BBDC4) 10
Banco BTG Pactual (BPAC11) 10
CSN (CSAN3) 10
CVC (CVCB3) 10
Equatorial (EQTL3) 10
Fleury (FLRY3) 10
Iguatemi (IGTA3) 10
Magazine Luiza (MGLU3) 10
SLC Agricola (SLCE3) 10
Locamerica (LCAM3) 10

Elite

Desempenho em fevereiro: -34,17%
Ações incluídas: Banco do Brasil, Eztec e Locamerica.
Ações retiradas: Cyrela, IRB Brasil e Iguatemi.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 10
Banco do Brasil (BBASE3) 10
Itaú Unibanco (ITUB4) 10
Eztec (EZTEC3) 10
Locamerica (LCAM3) 10
Lojas Renner (LREN3) 10
Magazine Luiza (MGLU3) 10
Petrobras (PETR4) 10
Vale (VALE3) 10
Weg (WEGE3) 10

Genial Investimentos

Desempenho em março: -35,46%.
Ações incluídas: Cesp, Log Comercial e Rumo.
Ações retiradas: Petrorio, Aliansce e Eztec.

Ação Peso, em %
Arezzo (ARZZ3) 10
Hapvida (HAPV3) 10
Multiplan (MULT3) 10
Lojas Renner (LREN3) 10
Totvs (TOTS3) 10
Cesp (CESP6) 10
Log Comercial (LOGG3) 10
Alpargatas (ALPA4) 10
Rumo (RAIL3) 10
Weg (WEGE3) 10

Guide

Desempenho em março: -38,53%
Ações incluídas: Grupo SBF, Bradesco, Suzano e Rumo.
Ações retiradas: Magazine Luiza, Natura, Cyrela e IRB Brasil.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 10
Via Varejo (VVAR3) 10
Cosan (CSAN3) 10
Centauro (CNTO3) 10
Bradesco (BBDC4) 10
Suzano (SUZB3) 10
Rumo (RAIL3) 10
Neoenergia (NEOE3) 10
Petrobras (PETR4) 10
JBS (JBSS3) 10

Modalmais

Desempenho em março: -27,8%.
Ações incluídas: B3, Odontoprev, Vale, Klabin, Suzano, Petrobras, Marfrig e CSN.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 15
Odontoprev (ODPV3) 15
Vale (VALE3) 15
Klabin ( KLBN4) 15
Weg (WEGE3) 15
Suzano (SUZB3) 5
Petrobras (PETR4) 5
Magazine Luiza (MGLU3) 5
Marfrig (MRFG3) 5
CSN (CSNA3) 5

MyCap

Desempenho em março: -25,49%
Ações incluídas: Vale, Raia Drogasil, Magazine Luiza e Marfrig.
Ações retiradas: Petrobras, Pão de Açucar, Natura e Telefônica Vivo.

Ação Peso, em %
Banco do Brasil (BBASE3) 10
Vale (VALE3) 10
EDP Brasil (ENBR3) 10
Rumo (RAIL3) 10
Magazine Luiza (MGLU3) 10
B3 (B3SA3) 10
Hypera (HYPE3) 10
Raia Drogasil (RADL3) 10
Sanepar (SAPR11) 10
Marfrig (MRFG3) 10

Necton

Desempenho em março: -34,7%.
Ações incluídas: B3 e Hermes Pardini.
Ações retiradas: ETF Small Caps e Even.

Ação Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3) 10
B3 (B3SA3) 10
Hermes Pardini (PARD3) 10
JBS (JBSS3) 10
Lojas Renner (LREN3) 10
Movida (MOVI3) 10
Petrobras (PETR4) 10
Oi (OIBR3) 10
Transmissão Paulista (TRPL4) 10
Vale (VALE3) 10

Nova Futura

Desempenho em março : -26,55%
Ações retiradas da carteira: Sabesp e Locamérica.
Ações incluídas da carteira: Ambev e SLC.

Ação Peso, em %
Ambev (AMBEV3) 10
Engie (EGIE3) 10
Itaú Unibanco (ITUB4) 10
Klabin (KLBN11) 10
Petrobras (PETR4) 10
Porto Seguro (PSSA3) 10
Raia Drogasil (RADL3) 10
SLC Agrícola (SLCE3) 10
Telefônica Vivo (VIVT4) 10
Weg (WEGE3) 10

Planner

Desempenho em março: – 19,23%.
Ações retiradas da carteira: Itaú, Lojas Renner e Notredame Intermédica.
Ações incluídas na carteira: JBS, Magazine Luiza e Natura.

Ação Peso, em %
Engie (EGIE3) 10
Hapvida (HAPV3) 10
Hypera Farma (HYPE3) 10
JBS (JBSS3) 10
Magazine Luiza (MGLU3) 10
Natura & Co (NTCO3) 10
Petrobras (PETR4) 10
SLC Agrícola (SLCE3) 10
Telefônica (VIVT4) 10
Vale (VALE3) 10

Quantitas

Desempenho em março: -38,92%
Ação retirada da carteira: Petrobras, Embraer e Cogna.
Ação incluída na carteira: SLC, Hapvida e Eztec.

Ação Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3) 12,5
Eletrobras (ELET3) 15
Eneva (ENEV3) 5
EZTEC (EZTEC3) 5
Guararapes (GUAR3) 15
Hapvida (HAPV3) 7,5
Movida (MOVI3) 5
Panvel (PNVL3) 10
SLC Agrícola (SLCE3) 12,5
Vale (VALE3) 12,5

Rico

Desempenho em março: -32,56%

Ação retirada da carteira : Petrobras (PETR4), Azul (AZUL4), Iguatemi (IGTA3), Hapvida (HAPV3), Yduqs (YDUQ3), Localiza (RENT3)
Ação incluída na carteira: Engie (EGIE3), Suzano (SUZB3), ETF de S&P 500 (IVVB11), Equatorial (EQTL3), B3 (B3SA3) e Alpargatas (ALPA4).

Ação Peso, em %
Engie (EGIE3) 12
JBS (JBSS3) 12
Magazine Luiza (MGLU3) 8
Suzano (SUZB3) 12
ETF do S&P 500 (IVVB11) 12
Rumo (RAIL3) 12
Equatorial (EQTL3) 8
B3 (B3SA3) 8
Intermédica (GNDI3) 8
Alpargatas (ALPA4) 8

Santander

Desempenho em março: -39,99%
Ações retiradas da carteira: Lojas Americanas e IRB.
Ações incluídas na carteira: Lojas Renner e BR Properties.

Ação Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3) 10
BR Properties (BRPR3) 10
CPFL Energia (CPFE3) 10
Eztec (EZTC3) 10
JBS (JBSS3) 10
Localiza (RENT3) 10
Lojas Americanas (LAME4) 10
Lojas Renner (LREN3) 10
Multiplan (MULT3) 10
Petrobras (PETR3) 10
Randon ( RAPT4) 10

Socopa

Desempenho em março: -25,63%.
Não houve alteração na carteira.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 10
BB Seguridade (BBSE3) 10
Bradesco (BBDC4) 10
CVC Brasil (CVCB3) 10
EDP Energias Brasil (ENBR3) 10
Hapvida (HAPV3) 10
JBS (JBSS3) 10
Pão de Açúcar (PCAR4) 10
Petrobras (PETR4) 10
Vale (VALE3) 10

Terra Investimentos

Desempenho em março: -36,80%
Ações retiradas da carteira: Movida, MRV, Linx, Renner e Cogna.
Ações incluídas na carteira: Cteep, Klabin, Telefônica, Sanepar e Vale.

Ação Peso, em %
B3 (B3SA3) 10
Bradesco (BBDC4) 10
Cteep (TRPL4) 10
Klabin (KLBN11) 10
Magazine Luiza (MGLU3) 10
Pão de Açúcar (PCAR4) 10
Petrobras (PETR4) 10
Sanepar (SAPR11) 10
Telefônica (VIVT4) 10
Vale (VALE3) 10

Toro Investimentos

Desempenho em março: -38,05%
Ações retiradas da carteira: Ambev, Movida, Itaú, Via Varejo, Raia Drogasil, Duratex, Cogna, Marfrig e Taesa.
Ações incluídas na carteira: Atacadão, BB Seguridade, BRF, Equatorial Energia, Fleury, Log Commercial Properties, Petrobras, Sanepar, Telefônica e Vale.

Ação Peso, em %
Atacadão (CRFB3) 15
BB Seguridade (BBAS3) 10
BRF (BRFS3) 7,5
Equatorial Energia (EQTL3) 15
Fleury (FLRY3) 7,5
LOG Commercial Properties (LOGG3) 7,5
Petrobras (PETR4) 10
Sanepar (SAPR11) 7,5
Telefônica (VIVT4) 10
Vale (VALE3) 10

XP Investimentos

Desempenho em março: -35,4%
Ações retiradas da carteira: Cyrela, Ecorodovias, Iguatemi, Lojas Renner e Via Varejo.
Ações incluídas na carteira: Ambev, Engie, Marfrig, Pão de Açúcar e Suzano.

Ação Peso, em %
Ambev (ABEV3) 10
Banco do Brasil (BBAS3) 10
Copel (CPLE6) 10
Engie (ENGIE3) 10
JBS (JBSS3) 10
Localiza (RENT3) 10
Marfrig (MRFG3) 10
Pão de Açúcar (PCAR3) 10
Suzano (SUZB3) 10
Vale (VALE3) 10

 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.