A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Rodízio e motores eficientes baixam poluição na Cidade do México

Rodízio "linha dura" tira de circulação os carros mais poluentes nos dias em que a qualidade do ar está prejudicada na capital mexicana

São Paulo – A Cidade do México é um exemplo de uma metrópole que reduziu o nível de poluição atmosférica nas duas últimas décadas. Se em 1994 a cidade passou quase o ano todo com um índice de qualidade do ar considerado “muito ruim”, em 2016 foram apenas 18 dias.

A melhoria tem a ver com o avanço tecnológico dos motores e também com a adoção de um rodízio de veículos que leva em conta não só a placa mas também a emissão de poluentes dos carros. Nos dias em que a qualidade do ar piora, os veículos mais poluidores são proibidos de circular. No fim de maio, por exemplo, a restrição precisou ser acionada durante cinco dias seguidos, o período mais longo desde 2000.

Para a OCDE, o grupo de países ricos, episódios assim mostram que a poluição ainda é um problema grave e é preciso fazer mais. Em um relatório recente, a organização dá sugestões para melhorar o ar na capital mexicana, entre elas definir uma área onde os veículos mais poluidores sejam proibidos de circular.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também