Do cantor Jão, turnê Pirata faturou R$ 30 milhões em menos de um ano

Artista se dedica à turnê do disco Pirata e à gestão de sua empresa de design de palco
Álbum Pirata, de Jão: shows já atraíram 250.000 pessoas (Gabriela Schmidt/Divulgação)
Álbum Pirata, de Jão: shows já atraíram 250.000 pessoas (Gabriela Schmidt/Divulgação)
F
Fernanda Bastos

Publicado em 13/10/2022 às 06:00.

Última atualização em 13/10/2022 às 06:17.

Com mais de 2.778 milhões de ouvintes mensais somente no Spotify, Jão é um dos grandes nomes do pop contemporâneo brasileiro. Parte de seu sucesso se comprova nos resultados da turnê do disco Pirata, com início em março deste ano e que vai até novembro, que já atraiu 250.000 pessoas e arrecadou 30 milhões de reais.

O artista também se apresentou recentemente em festivais como o Lollapalooza e o Rock in Rio, ambos em 2022. 

Pirata é o seu terceiro álbum de estúdio e marca uma fase mais madura. “Eu quero sempre que os álbuns sejam documentos da minha vida, é uma evolução muito natural para mim”, disse o cantor à EXAME Casual.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos pra você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Natural de Américo Brasiliense, no interior de São Paulo, Jão (como foi apelidado por sua irmã) estudou instrumentos como piano e violão e fez teatro. Em São Paulo, se formou em publicidade na USP e passou a frequentar karaokês.

Além do trabalho artístico, Jão é empreendedor e sócio na UFO Sounds, empresa de direção criativa e design de palcos. “Colocamos em prática o que acreditamos em relação a shows e levamos experiências cada vez mais grandiosas para os fãs”, diz.  

Turnê Pirata | Espaço Unimed —São Paulo 11/11 | A partir de 120 reais + taxas