Como uma empresa de tecnologia do Paraná cresce 80% na pandemia

Com o impacto da pandemia, a Aldo Componentes Eletrônicos, do Paraná,vai praticamente dobrar as vendas este ano

No fim dos anos 1980, numa antecipação do que seria o e-commerce, a Aldo Componentes Eletrônicos, de Maringá, no Paraná, lançou uma revista com o chamativo nome de Loucuras do Aldo, com ofertas e informações técnicas. A revista exibia um número 0800, de fax, para que os pedidos pudessem ser feitos sem custos telefônicos.

A profissão mais valorizada na pandemia? Vire um “dev” com o curso de data science e Python da EXAME

“Naquela época, era muito caro fazer ligações interurbanas”, conta Aldo Pereira Teixeira, fundador da empresa, que não tinha vendedores, e sim digitadores, para registrar os 500 pedidos que chegavam diariamente. A empresa fornecia, então, produtos como agulhas de toca-discos, válvulas e tubos de televisores. De lá para cá, o mix mudou bastante, mas as “loucuras” continuaram.

Em 2019, a companhia faturou 1,2 bilhão de reais, 133% mais do que no ano anterior. O responsável pelo salto é o mercado de geradores de energia solar, no qual a empresa atua desde 2015. Neste ano, a pandemia esfriou um pouco os negócios e a alta projetada nas vendas é de “apenas” 80%. “No ano que vem, deveremos retomar o ritmo de crescimento de 2019”, projeta Teixeira. A empresa continua praticamente sem vendedores — o comércio eletrônico responde por 87% das vendas.

 (Arte/Exame)


 (Publicidade/Exame)

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.