Petrobras é líder entre empresas que mais investem no Brasil; veja ranking

Em 2019, a Petrobras investiu 84 bilhões de reais no reforço da capacidade produtiva, nove vezes mais do que a Telefônica

Mesmo tendo de rever sua política de investimentos nos últimos anos, a Petrobras mantém a liderança entre as empresas que mais investem no Brasil, de acordo com o ranking do especial MELHORES E MAIORES 2020, que será lançado em novembro.

    Em 2019, a estatal destinou pouco mais de 84 bilhões de reais a investimentos no imobilizado — valores gastos no aumento da capacidade de produção de bens ou de prestação de serviços. A soma representa nove vezes o total investido pela segunda colocada no ranking, a operadora Telefônica.

    “A Petrobras investe muito porque é muito grande e de capital intensivo”, diz Luiz Caetano, analista da consultoria Planner Investimentos. Nos últimos cinco anos, porém, a estatal começou a se desfazer de seus ativos menos produtivos, como refinarias, e passou a focar os negócios de maior retorno, como o pré-sal. “A Petrobras saiu dos patamares absurdos de investimento, muito acima de sua geração de caixa, para uma estratégia mais coerente”, diz Caetano.

    Para a vice-líder Telefônica, 2019 foi um ano de recorde de investimentos na Vivo, sua marca comercial de telefonia, internet e TV. Foram 9 bilhões de reais em investimentos no imobilizado, o que representou quase 20% da receita no ano. E os investimentos prosseguem em 2020 — até o terceiro trimestre, a Telefônica investiu cerca de 5,4 bilhões de reais, sobretudo na ampliação de suas redes 4G e 4.5G.

    Já a locadora de veículos Localiza, que em 2019 investiu 9 bilhões de ­reais, quase 47% mais do que no ano anterior, não mantém neste ano o mesmo ritmo de gastos na ampliação da frota, em razão da queda na demanda causada pela pandemia de­ ­covid-19. Mas, para Caetano, a vantagem é que a empresa tem um ciclo curto de investimentos. “A Localiza consegue investir muito em momentos de oportunidade e reduzir rapidamente quando necessário, como agora”, diz.

     (Arte/Exame)


     (Publicidade/Exame)

    Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


    Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


    Falta pouco para você liberar seu acesso.

    exame digital

    R$ 15,90/mês

    • Acesse onde e quando quiser.

    • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
    Assine

    exame digital + impressa

    R$ 29,90/mês

    • Acesse onde e quando quiser

    • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

    • Edição impressa mensal.

    • Frete grátis
    Assine

    Já é assinante? Entre aqui.

    Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.