A rotina na coqueteleira

A capa desta edição traz uma daquelas histórias que resumem este surreal ano de 2020
Os entrevistados para a estreia da CASUAL: vivemos a era do work-life blend (EXAME/Exame)
Os entrevistados para a estreia da CASUAL: vivemos a era do work-life blend (EXAME/Exame)
D
Da Redação

Publicado em 16/07/2020 às 05:59.

Última atualização em 26/04/2021 às 12:09.

A capa desta edição da EXAME traz uma daquelas histórias que resumem este surreal ano de 2020. A Via Varejo, dona de Casas Bahia e Ponto Frio, vinha tentando acelerar seu ritmo de inovação após anos de inércia quando foi engolfada pela pandemia. Resultado: precisou fazer em semanas o que não havia feito em meses. Muita coisa já deu certo: o número de usuários dos aplicativos da empresa dobrou durante a pandemia, de 8 milhões para 15,5 milhões. Outros desafios seguirão vivos no dia a dia. Outra reportagem desta edição mostra como a Caixa, uma estatal de 159 anos de história, vem atuando como uma gigantesca startup nas últimas semanas para digitalizar dezenas de milhões de brasileiros. O futuro chegou mais rápido para a Caixa e para a Via Varejo, assim como para milhões de empresas no mundo. Também chegou mais rápido para bilhões de pessoas, que viraram suas rotinas de cabeça para baixo com a quarentena.

Não há momento mais inusitado, nem mais propício, para o lançamento da nova plataforma de conteúdo de estilo de vida da EXAME, a CASUAL. Traremos curadoria de informações em quatro pilares: bem-estar, cultura, experiências e consumo. O conteúdo estará disponível não só na revista impressa como também em nosso site (exame.com), em nossa conta no Instagram (@casualexame), no podcast mensal, na newsletter semanal e nas novas ideias em gestação na inquieta redação da EXAME. “Sempre com olhar positivo, visão inovadora e linguagem acessível, levando em conta a inclusão, a diversidade e o pluralismo”, diz o editor Ivan Padilla, em reportagem que apresenta a nova empreitada. A CASUAL nasce com a premissa de que a jornada de trabalho e o tempo de descanso estão cada vez mais misturados, como dentro de uma coqueteleira — é a era do work-life blend.

Nesta edição de estreia trazemos uma pesquisa exclusiva sobre o que nossos leitores fazem nas horas livres, de esportes a compras. Também falamos da importância do hobby, de se desconectar, sobretudo em momentos de grande estresse, como o atual. Aprender algo novo é uma oportunidade de reconhecer que não sabemos tudo, uma chance de mostrar humildade e empatia, segundo a doutora em neurociência Thais Gameiro. Cada um, claro, terá sua visão do que é ser casual. Em outra reportagem desta edição (foto), trazemos algumas dessas visões, mostrando o que empreendedores e executivos valorizam na vida pessoal. “Ser casual, para mim, significa aprender todos os dias a ser generosa sempre e com todas as pessoas”, diz Fiamma Zarife, diretora-geral do Twitter no Brasil. Precisamos de mais generosidade, e de humildade, para seguir evoluindo — nas empresas e em nossa vida pessoal.