Pop

Peixe raro de 2,2 metros encalha na costa americana e viraliza; veja foto

Descoberta de peixe raríssimo na costa do Oregon surpreende e intriga especialistas e curiosos

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 17 de junho de 2024 às 08h51.

Última atualização em 17 de junho de 2024 às 08h52.

Um peixe raro e gigantesco, que se acredita viver apenas em águas temperadas do hemisfério sul, encalhou na costa norte do Oregon, nos Estados Unidos, atraindo multidões de curiosos intrigados com a visão inusitada. O peixe-lua Hoodwinker, de 2,2 metros, apareceu pela primeira vez na praia de Gearhart na segunda-feira, 10, conforme informou o Aquário de Seaside em um comunicado à imprensa. As informações são da AP.

O peixe ainda estava na praia na sexta-feira , 7, e pode permanecer lá por semanas, devido à dificuldade que os necrófagos enfrentam para perfurar sua pele dura. Fotos fornecidas pelo aquário mostram um peixe achatado, redondo e cinza, deitado de lado na areia.

O alvoroço gerado nas redes sociais chamou a atenção de uma pesquisadora da Nova Zelândia, Marianne Nyegaard, que estudou peixes-lua. Após analisar as fotografias do peixe, a especialista confirmou que se tratava de um peixe-lua Hoodwinker — mais raro do que o comum peixe-lua oceânico — e acredita que pode ser o maior exemplar já registrado, de acordo com o aquário.

Peixe foi encontrado na costa oeste dos Estados Unidos (Seaside Aquarium/Divulgação) (Seaside Aquarium/Divulgação/Divulgação)

Diferente espécie

Em pesquisa publicada em 2017, Nyegaard descobriu, através de amostragens genéticas e observações, que o peixe-lua Hoodwinker, ou Mola tecta, é uma espécie diferente do peixe-lua oceânico, Mola mola. "Tecta" em latim significa escondido ou disfarçado, referindo-se a uma nova espécie que estava "escondida à vista de todos", explicou o aquário.

Um peixe-lua Hoodwinker encalhou na costa da Califórnia em 2019. Mais recentemente, encalhou novamente na costa oeste americana e no Alasca, desafiando a teoria de que vive apenas no hemisfério sul, informou o aquário. É provável também que o peixe tenha encalhado em outras partes do noroeste do Pacífico, mas tenha sido confundido com o mais comum peixe-lua oceânico na época, acrescentou o aquário.

A descoberta deste peixe na costa do Oregon levanta novas questões sobre o peixe-lua Hoodwinker, sugerindo que seu alcance pode ser mais amplo do que se pensava anteriormente.

Acompanhe tudo sobre:PeixesCalifórniaEstados Unidos (EUA)

Mais de Pop

Pêra-Manca: vinho de R$ 1650 virou centro de história inusitada em Salvador

Varinha do Harry Potter e Anabelle original: veja o que pegou fogo no Rio de Janeiro

'Gladiador II' ganha trailer com Pedro Pascal e Paul Mescal; veja o vídeo

9 de julho: Entenda a origem e significado do feriado da Revolução Constitucionalista

Mais na Exame