Lar de Rodrigo Marques, 'Casa de Artistas' cresce no mercado de humor brasileiro

Entre os assessorados pela produtora estão Rodrigo Marques, João Pimenta, a banda Pedra Letícia, Caio Martins, Patrick Maia, Abner Henrique e também o canal "O Psicólogo Tá Caro"
O humorista Rodrigo Marques, de "Porta dos Fundos" (Casa de Artistas/Divulgação)
O humorista Rodrigo Marques, de "Porta dos Fundos" (Casa de Artistas/Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 05/11/2022 às 14:30.

Ser humorista no Brasil é um meio que costuma dar certo: por aqui, os stand-ups são sucesso e a cada dia surgem novos artistas e influenciadores. De uns anos para cá, inclusive, o mercado do humor ficou mais "organizado". Prova disso é a “Casa de Artistas”, que desde 2012 se destaca como uma das grandes produtoras que agenciam e projetam humoristas famosos.

Rodrigo Marques, assessorado pelo espaço e um dos maiores comediantes do Brasil, é um dos que viu na "Casa de Artistas" uma diferença para crescer ainda mais no mercado. "Eu gosto de  como eles espalham esse humor para o público, que gosta muito dos conteúdos que eu levo em meus stand-ups, que rodam pelo Brasil.”.

A produtora valoriza e incentiva o humor voltado para os jovens e produções voltadas para todos os gêneros e idades. Ao todo, são mais de 350 mil pessoas alcançadas de maneira direta e mais de 2.500 eventos por todo o Brasil.

Além de Rodrigo, fazem parte também Hélio De La Peña, ex-casseta, e João Pimenta, do “Porta dos Fundos”. “Todos sabem que eu amo fazer humor e busco até mesmo me atualizar sobre como o formato de fazer as pessoas rirem está na atualidade. A “casa” me ajuda a trazer um novo jeito de fazer as pessoas sorrirem”, diz La Peña.

Para quem diz que 'humorista' não tem casa...

Fundada em 2003, em Goiânia, a “Casa de Artistas” tem promovido alguns dos maiores humoristas brasileiros, uma maneira de transformar o humor em algo não somente divertido, como também rentável. Em 2020, a produtora realizou o documentário "", dirigido por Guilherme Araújo — empresário artístico da Casa — para abordar um panorama geral do mercado de stand-up comedy daquele ano.

O longa-metragem contou com o depoimento de 46 produtores brasileiros e internacionais, que falaram sobre a realidade desse setor antes da pandemia, dificuldades, perdas, formas de se reinventar e quais as expectativas para os próximos anos.

O trabalho da "Casa de Artistas" é justamente trazer esse olhar mais focado no mercado e permitir que esses artistas tenham mais destaque para seguir a carreira no País.

Entre os assessorados pela produtora estão Rodrigo Marques, João Pimenta, a banda Pedra Letícia, Caio Martins, Patrick Maia, Abner Henrique e também o canal "O Psicólogo Tá Caro".

 

LEIA TAMBÉM:

A Culpa é do Cabral: o humor na visão de Fabiano Cambota (e spoilers da nova temporada)

Humoristas usam a internet como local de resistência ao Talibã