Esposa de Bruce Willis posta 1ª foto do ator após aposentadoria por afasia

Na última semana, a família de Bruce Willis anunciou a aposentadoria do ator em razão do diagnóstico de afasia
Bruce Willis: No dia 30 de março, a família de Bruce Willis anunciou que o ator iria se aposentar para tratar a afasia (Getty Images/Sean Gallup / Equipa)
Bruce Willis: No dia 30 de março, a família de Bruce Willis anunciou que o ator iria se aposentar para tratar a afasia (Getty Images/Sean Gallup / Equipa)
Por Da RedaçãoPublicado em 08/04/2022 18:44 | Última atualização em 08/04/2022 18:45Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A esposa de Bruce Willis, Emma Heming Willis, compartilhou na última quinta-feira, 7, as primeiras fotos do ator após o anúncio da sua aposentadoria para se tratar de afasia, uma doença que leva à perda da capacidade cognitiva de entender ou expressar a fala.

Em publicação no Instagram, Emma e Willis estão sorridente em uma ambiente cercado pela natureza. “Mamãe e papai em seu habitat favorito #offthegrid”, escreveu na legenda das fotos. A fotografa, segundo a esposa do ator, foi a filha do casal, Mabel, de 10 anos. 

Bruce Willis e sua esposa, Emma

Bruce Willis e sua esposa, Emma (Instagram/Reprodução)

Além das imagens, Emma compartilhou dois vídeos nos stories. Um com ela, o marido e a filha caminhando perto de um rio e outro com o trio andando de bicicleta.

No dia 30 de março, a família de Bruce Willis anunciou que o ator iria se aposentar para tratar a afasia. Não foram dados detalhes sobre qual é o estado atual do ator, e nem quais as dificuldades tem enfrentado com a doença, a família se ateve em comunicar que ele segue saudável e ativo.

O ator, de 67 anos, é conhecido por interpretar John McClane na franquia Duro de Matar. Antes do filme de 1988, que fez de Bruce uma estrela de cinema, o ator era mais conhecido por sua carreira como comediante na TV, na série Moonlighting.

O que é afasia?

A doença costuma surgir após lesões cerebrais como os acidentes vasculares cerebrais (AVC) que, geralmente, acometem o lado esquerdo do cérebro (hemisfério esquerdo). Nessa área, mais precisamente nas regiões frontais e temporais à esquerda, ficam as redes neurais, que possibilitam as funções cerebrais da linguagem.

Contudo, a doença nem sempre surge de forma abrupta, podendo ser gestada lentamente quando relacionadas a tumores cerebrais ou doenças degenerativas, como alguns tipos de demências (Demência Frontotemporal ou na Doença de Alzheimer).

Outras causas de lesões cerebrais que podem levar às afasias são: abscessos cerebrais, traumas de crânio, esclerose múltipla etc. O tamanho da lesão cerebral e o tipo de doença de base determinam o grau de deficiência da linguagem.