Entenda por que a entrevista do Luva de Pedreiro na Globo foi censurada pelo ex-empresário

A reportagem iria mostrar detalhes do contrato entre Luva e Allan, porém, uma liminar da juíza Maria Cristina de Brito Lima, do Rio de Janeiro, impediu a divulgação de informações sigilosas do contrato entre os dois
Luva de Pedreiro: o jovem revelou que como ele e os pais não sabem ler, assinaram o contrato com o ex-agente sem saber todas as informações (Instagram/Reprodução)
Luva de Pedreiro: o jovem revelou que como ele e os pais não sabem ler, assinaram o contrato com o ex-agente sem saber todas as informações (Instagram/Reprodução)
André Martins
André Martins

Publicado em 04/07/2022 às 10:50.

Última atualização em 04/07/2022 às 10:55.

O criador de conteúdo digital Iran Ferreira, mais conhecido como Luva de Pedreiro, concedeu no último domingo, 3, entrevista para o Fantástico, da TV Globo. Nas últimas semanas, o influenciador e o seu ex-empresário Allan Silva Jesus tiveram um dessentimento público.  

A reportagem iria mostrar detalhes do contrato entre Luva e Allan, porém, uma liminar da juíza Maria Cristina de Brito Lima, do Rio de Janeiro, impediu a divulgação de informações sigilosas do contrato entre os dois. A decisão judicial também proibiu que qualquer manifestação que fomente discurso de ódio contra o empresário fosse exibida. 

Na entrevista, Iran contou que nada havia mudado na vida dele, apesar de quatro meses de fama, 33,5 milhões de seguidores no Tiktok e Instagram e contratos milionários com marcas, como a Amazon. "Todo dinheiro que eu pedi, eu pedi emprestado. Até tô devendo setenta conto. Um cara lá que eu comprei uma bola, tá ligado? Não tinha, estou devendo. Ainda tenho que pagar o cara”, revelou.

Iran disse também que o antigo empresário o proibia de tomar suas próprias decisões. “Não podia fazer nada que eu queria, não podia sair com meus amigos, não podia gravar minhas coisas, não podia postar as música que eu gosto”, lamentou. Apesar do rompimento, Luva de Pedreiro disse que não quer o mal de seu ex-empresário. "O que eu não quero para mim, não vou desejar para o outro", afirmou. 

Luva revelou que como ele e os pais não sabem ler, assinaram o contrato com o ex-agente sem saber todas as informações. O pai do influenciador disse que Allan Silva Jesus não prestava contas para a família do jovem.

Segundo o advogado dos novos empresários do jovem influenciador, eles irão se reunir com Allan e seus advogados para tentar um acordo amigável. "Nós pedimos a ele todos os documentos pessoais do Iran, RG, passaporte e CPF. Todos os contratos de patrocínio de publicidade que ele fez." O contrato entre o influenciador e o Allan tem uma multa milionário em caso de rompimento. O Fantástico não divulgou os valores por causa da liminar, mas segundo uma reportagem do Metropoles, o valor é de R$ 5,2 milhões de reais.

Luva de pedreiro recebe as chaves da nova casa

O Luva de Pedreiro deixou a Bahia e agora vai morar em Recife. O imóvel fica no litoral Sul da Pernambuco e foi alugado pelos novos empresários, entre eles o jogador de futsal Falcão. O jovem deve se dividir entre Recife e o campo de terra na zona rural de Quijingue, na Bahia, para gravar os seus vídeos. 

(Tv Globo/Reprodução)

Na última semana, ex-jogador de futsal Falcão anunciou que vai agenciar a carreira do influenciador. No anúncio da parceria entre Luva de Pedreiro e a f12.bet, empresa comandada por Falcão. O ex-jogador de futsal disse que todas as decisões sobre contratos serão do Luva e de sua família e que o influenciador terá "pessoas maravilhosas" e de confiança. 

O que aconteceu com o Luva de Pedreiro?

O influenciador que conquistou o público brasileiro com seus vídeos jogando bola aparenta estar tendo problemas com o empresário atual, Allan Jesus.

O site Metrópoles revelou que, ao longo de 2022, Iran Ferreira teve um giro total de R$ 7.500 reais em duas contas bancárias -- apesar de um contrato milionário com a Amazon e mais de 30 milhões de seguidores nas redes, o que reacendeu rumores de que Jesus estaria fazendo algo com o dinheiro do rapaz. Nada do tipo foi confirmado, e o empresário publicou um vídeo refutando as acusações.

A consultoria de Jesus, que gerencia a carreira de Luva, também emitiu uma nota afirmando que o contrato com o influenciador tinha vigência até 2026.

Outra notícia do Metrópoles mostrou que, caso quebre o contrato, Luva teria de pagar cerca de R$ 5,2 milhões de reais. Na reportagem do Fantástico, foi confirmado que a conta do jovem teve menos de R$ 8 mi reais de movimentação e que o contrato com o antigo empresário teria uma multa milionária para ser desfeito.

Quem é o Luva de Pedreiro?

Com mais de 17 milhões de seguidores no TikTok, Iran Ferreira de 20 anos nasceu no povoado de Tábua, no interior da Bahia. Com o bordão “receba” repetido por famosos (e até incorporado a memes), o baiano desenvolveu a própria fórmula dos conteúdos: vídeos curtos, feitos no campo de terra batida, no qual demonstra a habilidade para dribles e chutes ao gol. E a ascensão surpreendente chamou a atenção da própria rede de Mark Zuckerberg, que, pela primeira vez, passou a seguir um influenciador do país.

Na falta de oportunidade para jogar profissionalmente, o jovem de 20 anos decidiu gravar os vídeos para ajudar a família humilde. E de onde veio o apelido pelo qual ficou conhecido? Na inspiração em atletas da Europa, que usam luvas de inverno (substituídas pelas luvas construção, mais baratas). Se o acessório foi alvo de bullying no começo, se tornou marca registrada após viralizar.

LEIA TAMBÉM:

As 10 melhores séries originais Netflix, de acordo com o IMDB