Com WhatsApp fora do ar, Signal e Telegram disparam

Os aplicativos rivais do mensageiro do Facebook se beneficiam com a chegada de novos usuários
 (llustration by Chesnot/Getty Images/Getty Images)
(llustration by Chesnot/Getty Images/Getty Images)
L
Lucas Agrela

Publicado em 04/10/2021 às 14:00.

Última atualização em 04/10/2021 às 18:56.

Os aplicativos Signal e Telegram dispararam em número de downloads nesta segunda-feira, marcada pelo WhatsApp fora do ar

O Signal, que tem o cofundador do WhatsApp Brian Acton como um de seus líderes, publicou uma mensagem no Twitter falando sobre o aumento do número de usuários e desejando que os engenheiros de “outras plataformas” consigam resolver logo os problemas de instabilidade. 

O Telegram, que já fez uma curadoria de memes no Twitter em outra ocasião similar, se pronunciou dizendo apenas que não faria o mesmo hoje e insinuando que daria muito trabalho fazer isso toda vez que o WhatsApp cair, o que acontece com frequência.

As buscas pelo Telegram no Google dispararam nesta segunda, atingindo o pico por volta das 13h.

O aplicativo funciona como o WhatsApp, mas não precisa ser limitado a apenas um aparelho por vez, uma função na qual o WhatsApp trabalha para levar a todos os usuários. 

EXAME Tech