China pode ter detectado sinais de aliens, diz jornal

Matéria publicada pela Bloomberg com base em um relatório feito pelo Science and Technology Daily mostra que sinais teriam sido captados pelo Sky Eye
China: sinais captados são diferentes do que já foi visto até agora (Li Jin/VCG/Getty Images)
China: sinais captados são diferentes do que já foi visto até agora (Li Jin/VCG/Getty Images)
D
Da RedaçãoPublicado em 16/06/2022 às 10:26.

A China pode ter detectado sinais de aliens a partir do Sky Eye, o maior radiotelescópio do mundo. Essa foi a notícia publicada pelo Science and Technology Daily, jornal oficial do Ministério da Ciência e Tecnologia da China e repercutida pela Bloomberg. De acordo com as informações – hoje já tiradas do ar – os sinais eletromagnéticos são diferentes de quaisquer outros captados anteriormente e equipes especializadas o estão investigando dia após dia. 

A notícia publicada citava até mesmo Zhang Tonjie, cientista-chefe de uma equipe de busca de civilizações extraterrestres co-fundada pela Universidade Normal de Pequim, pelo Observatório Astronômico Nacional da Academia Chinesa de Ciências e pela Universidade da Califórnia, em Berkeley.

Ainda segundo as informações da Bloomberg, não há uma razão aparente do porquê o conteúdo publicado foi removido do site chinês. Um motivo pode ser a rápida disseminação, que ganhou até mesmo a rede social Weibo e outras plataformas controladas pelo Estado. O que se sabe é que, em 2020, as equipes que controlam o Sky Eye lançaram um projeto de olho na busca por vida terrestre. De lá para cá, já foram identificados pelo menos três conjuntos de sinais suspeitos.

São tentativas de aproximar o contato de humanos com extraterrestres, de todo modo. Uma pesquisa anterior feita também pela Universidade Normal de Pequim publicada em maio deste ano estima que, no cenário mais pessimista, isso pode levar até 400 mil anos

VEJA TAMBÉM: