A resposta da Rolls-Royce à inflação recorde? Bônus e aumento de salário a 14.000 empregados

O CEO da empresa justificou a medida dizendo que 'estamos vivendo tempos excepcionais’, mas a medida evita que a empresa se comprometa com aumentos salariais além de 4% a longo prazo
Rolls Royce (Rolls Royce/Divulgação)
Rolls Royce (Rolls Royce/Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 21/06/2022 às 09:48.

Os funcionários da Rolls-Royce, uma das maiores fabricantes de motores do Reino Unido, estão recebendo um bônus de £ 2.000 (cerca de US$ 2.455 ou R$ 12.681) e um aumento salarial para ajudar a lidar com a “incerteza econômica” à medida que o custo de vida do país dispara, informa a Fortune.

“Estamos vivendo tempos excepcionais”, disse o CEO da Rolls-Royce, Warren East, em um memorando descrevendo os aumentos salariais propostos nesta segunda-feira, 20, segundo o Financial Times.

A inflação atingiu a maior alta em quatro décadas no Reino Unido em maio, com um aumento de 9% em relação ao mesmo mês do ano passado. A guerra na Ucrânia é o principal contribuinte para a inflação britânica. O conflito elevou os preços da energia em toda a Europa.

Os preços do gás e da eletricidade no Reino Unido subiram 53,5% e 95,5%, respectivamente, em abril em comparação com o ano anterior. Os altos preços do petróleo também inflaram os preços ao consumidor em geral, enquanto o salário médio britânico caiu 1,2% em termos reais.

A Rolls-Royce diz que emitirá o bônus único para 14.000 de seus cerca de 20.000 funcionários no Reino Unido, abrangendo 11.000 trabalhadores de fábrica e 3.000 gerentes juniores. Os 11.000 trabalhadores também receberão um aumento salarial de 4%, com data de março, se o sindicato dos trabalhadores aceitar a proposta de aumento salarial.

A Rolls-Royce diz que este é o maior aumento salarial anual que a equipe recebeu em uma década. Ainda assim, East falou à equipe que um “simples aumento salarial” “não é acessível e seria irresponsável”, sugerindo que o bônus de £ 2.000 é um compromisso em oferecer aos funcionários um pacote salarial permanente mais alto.

LEIA TAMBÉM

Em conjunto, East diz que o aumento salarial de 4% e o bônus de £ 2.000 equivaleriam a um aumento salarial de 9% para o ano, o que está alinhado com as taxas de inflação atuais. No entanto, evita que a empresa se comprometa com aumentos salariais além de 4% a longo prazo.

East disse aos funcionários que aumentos salariais maiores podem prejudicar a “competitividade futura da empresa no Reino Unido, adicionando muito custo à massa salarial de longo prazo em momentos de tanta incerteza”. O aumento salarial proposto de 4% e o bônus de US$ 2.455 custarão à Rolls-Royce cerca de US$ 55 milhões este ano.

A pandemia prejudicou bastante os resultados da Rolls-Royce. Os pagamentos de serviço das companhias aéreas, que são baseados em quantas horas os jatos voam usando motores Rolls-Royce, contribuem com uma parcela significativa da receita do fabricante. Quando muitos voos foram suspensos em 2020, as receitas da Rolls-Royce caíram 20% e a empresa registrou uma perda operacional de US$ 2,55 bilhões no ano.

A Rolls-Royce voltou a lucrar em 2021, depois de cortar 9.000 empregos de sua força de trabalho global de 52.000 pessoas. A empresa obteve um lucro de US$ 152,20 milhões em 2021 e disse aos investidores em fevereiro que espera ter um caixa “modestamente” positivo para o próximo ano.

LEIA TAMBÉM