Esta empreendedora teve sua ideia rejeitada ‘só’ 90 vezes

“O mundo adora dizer ‘não’”, diz empreendedora. Hoje seu negócio conseguiu investimento e já levantou quase 1 bilhão de dólares para empreendedores de todo o mundo.

São Paulo – “O mundo adora dizer ‘não’”. Esta é a conclusão da empreendedora americana Danae Ringelmann, ao relembrar o início do seu negócio. A ideia de Ringelmann foi rejeitada “apenas” 90 vezes antes de conseguir levantar seu primeiro dólar em investimento.

Mas o mais importante: ela não desistiu, e hoje o resultado é recompensador. Ringelmann é uma das fundadoras do Indiegogo, uma plataforma de crowdfunding que visa ajudar empreendedores a conseguir investimento.

Ao buscar investidores interessados em seu negócio, Ringelmann sentiu na pele a dificuldade que alguns empreendedores enfrentam para levantar capital. “A cada rejeição, nós víamos mais uma razão por que o Indiegogo precisava existir”, disse em entrevista à CNBC

A persistência valeu a pena. Depois do sufoco inicial, Ringelmann conseguiu levantar alguns milhões de fundos de investimento importantes. A plataforma foi lançada em 2008, e já ajudou a levantar quase 1 bilhão de dólares para empreendedores ao redor do mundo.

Em entrevista ao The Guardian, Ringelmann conta que a inspiração para o seu negócio veio da história de sua família. “Meus pais tinham um negócio de materiais de construção em São Francisco e nunca conseguiam um empréstimo”, lembra a empreendedora.

De quebra, a plataforma tem ajudado a mudar outra triste realidade. Não é segredo que o universo dos fundos de investimento é majoritariamente branco e masculino. Porém, para alegria das empreendedoras, os dados do Indiegogo mostram que quase metade das campanhas bem sucedidas na plataforma eram chefiadas por mulheres, segundo o site Inc

“Para nós é bem simples: se você tem uma ideia e não está contra a lei nem causando nenhum mal, você tem todo direito de levantar dinheiro”, disse Ringelmann ao site.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.