PME

Easy Taxi recebe aporte de R$ 30 mi para manter crescimento

O investimento veio do fundo Latin America Internet Holding (LIH)

Tallis Gomes, CEO da Easy Taxi (Divulgação)

Tallis Gomes, CEO da Easy Taxi (Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 21 de abril de 2014 às 09h03.

São Paulo - A plataforma para encontrar táxis Easy Taxi anunciou um novo investimento. Desta vez, o aporte foi de 30 milhões de reais e veio do fundo Latin America Internet Holding (LIH), empresa da Rocket Internet e da Milicom.

Segundo comunicado da empresa, o capital seria destinado para ampliar sua atuação, em especial no exterior.

A expectativa é chegar a mais de 25 países até o final do ano. Hoje, o app está disponível em dez países e mais onze cidades brasileiras. 

A Rocket Internet já havia feito um aporte de 10 milhões de reais na startup, em outubro do ano passado. Segundo o último balanço da empresa, são 30 mil taxistas cadastrados e 1 milhão de downloads. 

A startup foi criada no começo do ano passado, pelo empreendedor Tallis Gomes, de 26 anos. A receita da empresa viria de um custo de R$ 2,00 por corrida concluída, cobrado do taxista.

Acompanhe tudo sobre:Easy TaxiEmpreendedoresmobilidade-urbanaPequenas empresasStartupsTallis GomesTáxisTransportes

Mais de PME

ROI: o que é o indicador que mede o retorno sobre investimento nas empresas?

Qual é o significado de preço e como adicionar valor em cima de um produto?

O que é CNAE e como identificar o mais adequado para a sua empresa?

Design thinking: o que é a metodologia que coloca o usuário em primeiro lugar

Mais na Exame