Cia de Talentos lança programa de aceleração com a Liga Ventures

Empreendedores com ideias de negócio disruptivas para o mercado de recursos humanos e educação podem se inscrever a partir de hoje
Sofia Esteves: sua empresa tem 33 anos de experiência no setor de RH (Leandro Fonseca/Exame)
Sofia Esteves: sua empresa tem 33 anos de experiência no setor de RH (Leandro Fonseca/Exame)
L
Luísa Granato

Publicado em 19/01/2021 às 08:00.

Última atualização em 19/01/2021 às 11:06.

A Cia de Talentos, empresa de recrutamento e desenvolvimento de jovens profissionais, lança nesta terça-feira a primeira edição do CT Labs, seu novo programa de aceleração de startups em parceria com a Liga Ventures.

Serão selecionados negócios com soluções inovadoras para as áreas de recursos humanos e educação. O programa terá quatro meses de duração com acesso a executivos do Grupo Cia de Talentos, mentorias e networking. E os empreendedores vão desenvolver projetos junto à empresa e com o suporte da Liga Ventures.

O grupo Cia de Talentos completa nesta semana 33 anos. Nesse tempo, Sofia Esteves, Fundadora e Presidente do Conselho do Grupo, conta que eles sempre estiveram à frente das tendências do mercado.

“Faz parte do DNA da companhia. Quando começamos no setor, os candidatos preenchiam uma ficha de inscrição de papel e usávamos marca texto para fazer a triagem. Depois, mandávamos um telegrama para fazer a convocação do processo. E quando se iniciou o acesso à internet, fomos a primeira empresa a lançar a ficha de inscrição eletrônica”, conta ela.

No mundo das startups, e da evolução das HRtechs e Edtechs, empresas que usam tecnologia para trazer novas soluções para o RH e a educação, a Cia de Talentos continuou acompanhando a onda de mudanças.

Nos últimos setes anos, eles fizeram mentoria para mais de 14 startups. E a Liga Ventures entra agora para formalizar essa relação: a plataforma de inovação aberta foi criada em 2015 e ajudar empresas a se conectarem com startups.

“A ideia de acelerar startups e fornecer mentoria foi um processo natural para nós e há algum tempo nos aproximamos da Liga Ventures. Sempre fomos muitos procurados por empresas pelo nosso conhecimento e anos na área, mas fazíamos de forma mais informal”, explica Maurício Vaz, Conselheiro do Grupo Cia de Talentos e um dos fundadores da Bettha.com.

A Bettha é a HRTech que o grupo fundou em 2017 para incrementar os recrutamentos com um braço de educação e engajamento dos jovens profissionais. Em 2020, esse negócio foi parte essencial da iniciativa Jornada para o Futuro oferecendo capacitação gratuita para 33 mil jovens.

Para os dois, o mundo da gestão de pessoas tem um enorme espaço para ideias disruptivas que ofereçam novas soluções a velhos problemas, como uma melhor forma de engajar talentos, de fornecer conteúdo para aprendizado contínuo e de identificar as pessoas certas para a cultura das empresas. E eles acreditam que o aprendizado no programa será recíproco.

“Temos contato com todos nesse ecossistema e ouvimos as angústias de todos os lados. Conheço as dificuldades das escolas, do mercado de trabalho e dos jovens. E por que não assumirmos esse papel para reverter esses problemas?”, fala Sofia Esteves.

Os temas para o primeiro ciclo do programa serão Employer Branding, Atração & Seleção, Desenvolvimento de Carreira e Engajamento. Os interessados podem se inscrever até o dia 28 de fevereiro pelo site.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.