PME
Acompanhe:

BBB22: os participantes que também são empreendedores

Alguns dos participantes do reality também estão à frente de negócios próprios. Veja a lista

BBB22: os empreendedores entre os participantes (TV Globo / João Cotta/Divulgação)

BBB22: os empreendedores entre os participantes (TV Globo / João Cotta/Divulgação)

M
Maria Clara Dias

18 de janeiro de 2022, 15h33

O BBB 22 estreou na última segunda-feira, 17. Em meio a mudanças como a troca de apresentador e participantes entrando na casa mais vigiada do Brasil em diferentes momentos devido à infecção por covid-19, a 22ª edição do reality replica novamente uma fórmula que tem funcionado nos últimos anos: a mistura entre celebridades e personalidades anônimas.

Alguns dos participantes, inclusive, já são donos do próprio negócio e poderiam aproveitar o prêmio de 1,5 milhão de reais para crescer seus empreendimentos. É o caso da influenciadora digital Jade Picon, que é também dona da marca de roupas Jade Jade, com mais de 500.000 seguidores nas redes sociais. Conheça outros empreendedores entre os participantes do reality show global.

Os empreendedores do BBB22

Jade Picon

A influenciadora de 20 anos é dona da marca de roupas Jade Jade. Além de proprietária, Jade também estampa, como modelo, os figurinos da marca nas redes sociais.

https://www.instagram.com/p/CYtzvFCOJVs/

Pedro Scooby

O surfista Pedro Scooby é sócio da Scooby Sports, da corretora de criptomoedas Bezel Blockchain Management e também da startup de biotecnologia Visto.bio. O atleta também tem uma coleção assinada com a marca de óculo HB Brasil e é patrocinado pelas marcas Red Bull, Quiksilver e pela empresa de fones de ouvido Ultimate Ears.

Eliezer

Eliezer é designer e empresário, sócio de uma agência de comunicação chamada Mamutus Branding. A agência exite há pelo menos 12 anos, criando identidade visual para empresas e marcas.

Tiago Abravanel

O ator e diretor é também empreendedor. Abravanel é sócio da rede de franquias de banoffes Nanica, também investida da holding de franquias SMZTO, de José Carlos Semenzato. A Nanica e seus banoffes faturaram mais de 20 milhões de reais em 2020. Nos próximos cinco anos, a intenção é chegar a 150 lojas e um faturamento superior a 100 milhões de reais.