5 razões para comprar de pequenas empresas no seu bairro

Em meio à crise, movimento quer incentivar a compra do pequeno negócio, com o objetivo de fortalecer a economia e de quebra gerar emprego e renda no seu bairro.

São Paulo – Uma iniciativa lançada nesta quarta-feira pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) quer incentivar os consumidores a comprarem produtos e serviços de pequenos empresários. A ideia é ajudar esses negócios e, com isso, fortalecer a economia do país, que não está nos seus melhores dias.

“Todo mundo tem um pequeno negócio perto da sua casa, então esse movimento tem muito a ver com a vida cotidiana das pessoas”, afirmou o presidente do Sebrae, Luiz Barretto, em entrevista à imprensa.

Existem hoje no Brasil mais de 10 milhões de micro e pequenas empresas, que respondem por nada menos que 27% do PIB nacional. São negócios que empregam 17 milhões de pessoas.

Um dos pontos destacados por Barreto é justamente a oportunidade que essas empresas geram em suas regiões. “As pequenas empresas são o primeiro emprego de muita gente. Elas geram oportunidades principalmente para quem está começando”, afirmou.

“Esse movimento quer que as pessoas percebam que, ao comprar do pequeno, elas estão melhorando a sua cidade, gerando empregos e ajudando a economia”, conclui o presidente do Sebrae.

De acordo com a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), entidade que também faz parte da campanha, a cada 1 real gasto no pequeno negócio, o consumidor movimenta 2,34 reais na economia.

O Movimento Compre do Pequeno Negócio terá como data oficial o dia 5 de outubro, aniversário do Estatuto da Micro e Pequena Empresa, assinado em 1999. “A expectativa é que o 5 de outubro se torne uma data em que as pessoas preferencialmente compram das micro e pequenas empresas”, afirma Barretto.

Até lá, a iniciativa vai buscar sensibilizar os consumidores para a causa, através de cinco argumentos principais. Veja a seguir cinco motivos para comprar do pequeno negócio:

1 – É perto da sua casa

Uma das questões destacadas pelo Sebrae é a possibilidade de se comprar perto da casa ou do trabalho, portanto sem precisar enfrentar grandes congestionamentos ou perder muito tempo com o deslocamento.

2 – É responsável por 52% dos empregos formais

Os micro e pequenos negócios são nada menos que 95% das empresas do país, e são o setor que mais gera empregos formais, com 52% das carteiras assinadas. “A pequena empresa é a maior geradora de empregos do país. Mesmo na crise, elas criaram 116 mil vagas no primeiro semestre”, ressalta o presidente do Sebrae, Luiz Barreto.

3 – O dinheiro fica no seu bairro

O desenvolvimento regional é outro argumento do movimento liderado pelo Sebrae. Comprar do pequeno negócio local faz que o dinheiro fique no bairro, possibilitando criar novas oportunidades, gerar mais empregos e distribuir melhor a renda na sua região, defende a campanha.

“Valorizar o pequeno empresário é pensar em que cidade queremos viver. Os pequenos estão nas ruas, que é onde ocorre boa parte dos nossos problemas sociais”, defende Paulo Solmucci Jr., presidente da Abrasel.

4 – O pequeno negócio desenvolve a comunidade

Outro argumento é que, ao comprar do pequeno empreendedor, as pessoas ajudam aquele negócio a se desenvolver e, consequentemente, a melhorar seus serviços no futuro. “Isso estimula a empresa a inovar, a melhorar o seu desempenho, a diversificar a oferta de produtos e serviços, a atender melhor o cliente”, diz a campanha.

5 – É um ato transformador

Um dos objetivos centrais do movimento, segundo presidente do Sebrae, é transformar os hábitos dos consumidores e quebrar resistências que possam existir. “A ideia é que o movimento perdure por muitos anos”, afirma Barretto.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.