Negócios

Volvo empresta carros de luxo a profissionais da saúde no combate à Covid

Fabricante cedeu frota de 80 veículos híbridos com preços de até R$ 514.950

 (Volvo/Divulgação)

(Volvo/Divulgação)

GA

Gabriel Aguiar

Publicado em 16 de abril de 2021 às 17h28.

volvo-carro-motor-test-drive-vip

XC90: modelo topo de linha da marca sueca também foi oferecido (Volvo/Divulgação)

A Volvo emprestou uma frota de 80 veículos híbridos a profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia da Covid-19 no Brasil. Todos fazem parte do programa de empréstimo gratuito para pessoas que desejam conhecer a tecnologia híbrida, mas, em virtude das restrições de circulação, a iniciativa foi suspensa temporariamente.

Segundo a marca, foram selecionados médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas pulmonares e auxiliares de limpeza. Entre os pré-requisitos para participar – e dirigir algum dos modelos da marca, que vende S60, S90, XC40, XC60 e XC90 aqui –, o candidato deveria utilizar transporte público para ida e volta do trabalho.

Você conhece as três letras que podem turbinar seus investimentos? Conheça a cobertura de ESG da EXAME Invest Pro

“Nesse momento difícil, queremos contribuir de alguma forma e estamos dando um novo passo em uma ação que ajudou tantas pessoas no ano passado. Estamos atuando diretamente com os profissionais de saúde que têm problemas de locomoção com transporte público”, diz João Oliveira, diretor geral de operações e inovação da Volvo.

Em 2020, a empresa cedeu a frota corporativa de 270 veículos a diferentes entidades que atuaram no apoio às pessoas impactadas pelo novo coronavírus – como Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, Cruz Vermelha Brasileira e CUFA (Central Única das Favelas). Foram 75 mil entregas de alimentos, como cestas básicas, leite e marmitas.

Vale lembrar que a Volvo lidera o segmento de híbridos plug-in (que podem se carregados na tomada), com 71,2% de participação no primeiro semestre deste ano. Em março, 91,9% dos carros vendidos pela marca eram eletrificados. “Mesmo com restrições da pandemia, dificuldade de estoque e importações, conseguimos crescer”, diz Oliveira.

Acompanhe tudo sobre:CarrosPandemiaSaúdeVolvo

Mais de Negócios

Smart Fit compra rede de estúdios Velocity por R$ 183 milhões

Do gim ao jambu: duas marcas de bebidas alcoólicas se unem e miram receita de R$ 5 milhões

Vem aí a terceira edição do Ranking EXAME Negócios em Expansão

Nos 30 anos do Real, Mercado Pago lança cédula celebrativa

Mais na Exame