Negócios

Volkswagen vai pagar US$1,21 bi para por fim a processo

As concessionárias vão receber ao longo dos próximos 18 meses uma média de 1,8 milhão de dólares cada, segundo o acordo anunciado em agosto


	Volkswagen: a empresa disse no início do mês que é incerto se voltará a vender veículos a diesel nos EUA novamente
 (Fabian Bimme/Reuters)

Volkswagen: a empresa disse no início do mês que é incerto se voltará a vender veículos a diesel nos EUA novamente (Fabian Bimme/Reuters)

DR

Da Redação

Publicado em 30 de setembro de 2016 às 21h23.

Washington - A Volkswagen confirmou nesta sexta-feira que vai pagar 1,21 bilhão de dólares a 652 concessionárias da marca nos Estados Unidos como parte do acordo de 16,5 bilhões de dólares para por fim a processos por fraudar o sistemas de emissão de poluentes de veículos a diesel.

As concessionárias vão receber ao longo dos próximos 18 meses uma média de 1,8 milhão de dólares cada, segundo o acordo anunciado em agosto.

Em separado, o Departamento de Justiça dos EUA, a Federal Trade Commission e advogados dos donos de 475 mil carros a diesel apresentaram documentos pedindo a um juiz federal para conceder um aval final para ofertas de recompra dos veículos ou correção do problema, em audiência marcada para o dia 18 de outubro.

A empresa, que foi impedida de vender veículos a diesel no país desde o fim de 2015, disse no início do mês que é incerto se voltará a vender veículos a diesel nos EUA novamente.

A Volkswagen ainda enfrenta bilhões de dólares em multas potenciais nos EUA por violar leis de emissões de poluentes, bem como ter que recomprar 85 mil veículos equipados com motores 3.0 a diesel, se não puder convencer os reguladores de que os defeitos podem ser corrigidos.

A VW admitiu ter instalado softwares que desativavam controles de poluição em mais de 11 milhões de veículos a diesel vendidos no mundo.

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas alemãsEmpresas italianasEscândalosFraudesMontadorasÓleo dieselProcessos judiciaisVolkswagen

Mais de Negócios

Sob nova gestão, iFood prepara investimentos em startups e mira verticais de mercado e de benefícios

Colaboração entre Dell e Microsoft facilita a vida de empresas na gestão do ambiente multicloud

EXCLUSIVO: novo fundo de investimento, Moni Capital, do Grupo ND, tem R$ 80 milhões para startups

Após cair 10% em maio, PMEs gaúchas voltam a crescer em junho e começam a se recuperar da enchente

Mais na Exame