Negócios
Acompanhe:

Volkswagen Gol foi o carro usado mais vendido do Brasil; veja a lista

Mercado teve segundo mês consecutivo de queda em outubro; Fiat Strada e Toyota Corolla estão entre os dez melhores

Mercado de seminovos e usados tem 9.470.031 unidades no acumulado de 2021, com 31,52% de aumento em relação a 2020 (Volkswagen/Divulgação)

Mercado de seminovos e usados tem 9.470.031 unidades no acumulado de 2021, com 31,52% de aumento em relação a 2020 (Volkswagen/Divulgação)

G
Gabriel Aguiar

18 de novembro de 2021, 10h12

Mesmo com o gargalo na produção de carros zero-quilômetro, a venda de usados e seminovos caiu pelo segundo mês consecutivo no Brasil: foram 902.288 unidades, ou seja, 8% menos que setembro e 16,72% menos que há um ano. Mas essa queda não foi suficiente para abalar o Volkswagen Gol — que teve o pior resultado desde abril — e emplacou 67.368 unidades em outubro.

Dez carros seminovos e usados mais vendidos em outubro

  1. Volkswagen Gol – 67.368 unidades;
  2. Fiat Palio – 40.704 unidades;
  3. Fiat Uno – 39.018 unidades;
  4. Fiat Strada – 25.583 unidades;
  5. Chevrolet Celta – 23.794 unidades;
  6. Chevrolet Onix – 22.119 unidades;
  7. Volkswagen Fox – 21.574 unidades;
  8. Toyota Corolla – 20.814 unidades;
  9. Ford Ka – 19.434 unidades;
  10. Chevrolet Corsa – 19.248 unidades.

Se a liderança ficou isolada, abaixo veio uma sequência da Fiat, que conquistou todos os degraus até a quarta colocação com Palio (40.704 unidades); Uno (39.018); e Strada (25.583). Logo depois, vieram os Chevrolet Celta (23.794) e Onix (22.119). Não por acaso, são justamente os fabricantes mais bem-sucedidos no mercado de segunda mão, de acordo com os dados da Fenabrave.

Marcas mais vendidas no mercado de seminovos e usados

  1. Volkswagen – 20,25% de participação;
  2. Chevrolet – 19,58% de participação;
  3. Fiat – 19,09% de participação;
  4. Ford – 9,79% de participação;
  5. Renault – 5,20% de participação.

Diferentemente dos monopólios pelas primeiras posições, o restante da disputa pelo Top10 foi mais democrático. Prova disso é que o Toyota Corolla marcou presença entre os queridinhos do mercado, com 20.814 emplacamentos, seguido pelo já aposentado Ford Ka. Por outro lado, a distância entre o sétimo, Volkswagen Fox, e do Chevrolet Corsa, décimo, foi de só 2.326 unidades.