A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Volkswagen deve voltar a parar fábrica de Taubaté em julho

Segundo informações do sindicato da região, a fábrica que produz os modelos Gol e Voyage deve ter férias coletivas de 20 dias a partir de 12 de julho

Com a falta de componentes eletrônicos na indústria, que vem paralisando fábricas no Brasil e no exterior, a Volkswagen já avisou aos trabalhadores das linhas de produção em Taubaté, no interior paulista, que poderá voltar a parar no mês que vem.

Segundo informações do sindicato da região, a fábrica que produz os modelos Gol e Voyage deve ter férias coletivas de 20 dias - prazo que pode ser prorrogado por mais dez dias - a partir de 12 de julho. Além de semicondutores, informa o sindicato, faltam módulos de airbag para montagem dos carros.

A Volkswagen informa que, em função do cenário de abastecimento ainda incerto, faz parte das medidas protocolar com antecedência a possibilidade de férias coletivas. No início deste mês, a montadora já tinha parado a fábrica de Taubaté por dez dias.

Na última segunda-feira, a Volkswagen parou a produção da unidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, onde monta os modelos Polo, Virtus, Nivus e Saveiro, junto com a fábrica de motores em São Carlos, no interior de São Paulo. O retorno está previsto para quinta-feira, quando também está marcada a volta da fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná, onde a produção dos modelos Fox e T-Cross está suspensa desde 7 de junho.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também