Visa e Mastercard viram alvo de senador americano por taxas abusivas

Democrata Richard Durbin pediu que FED, o banco central americano, investigue as companhias

O senador democrata Richard Durbin enviou carta a Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), na sexta-feira, 24, pedindo investigações contra emissoras de cartões Visa e Mastercard por possíveis taxas excessivas que estão pressionando as margens de comerciantes em meio a pandemia do novo coronavírus.

"Varejistas e restaurantes americanos não podem pagar taxas excessivamente altas por transações de débito no contexto de uma pandemia que causou efeitos econômicos graves", diz a carta, também é assinada pelo congressista democrata Peter Welch, que chama as empresas de operarem um duopólio que restringe competição com emissoras menores. O Fed disse que pretende responder em breve.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.