Vendas da Volkswagen caem 2% na Alemanha em novembro

Com quase 58.000 novos pedidos, a Volkswagen, fabricante dos modelos Golf e Passat, representou 21% das vendas de automóveis novos no país no mês passado

As vendas da Volkswagen caíram 2% em novembro na Alemanha em relação ao mesmo mês do ano anterior, mas a marca continua sendo a preferida dos alemães, apesar do escândalo dos carros adulterados, segundo dados publicados nesta quarta-feira.

Com quase 58.000 novos pedidos, a Volkswagen, fabricante dos modelos Golf e Passat, representou 21% das vendas de automóveis novos no país no mês passado, muito à frente do segundo lugar em vendas, a Mercedes, con 10%, informou a autoridade alemã do automóvel, KBA.

Entre as outras marcas do grupo Volkswagen —que admitiu em setembro ter adulterado motores a diesel de 11 milhões de veículos- a Audi teve alta de 3%, a Porsche uma pequena queda de 0,4% e o Seat um recuo de 3,2%. As vendas da Skoda subiram 13%.

Os pedidos de automóveis novos subiram 9% no mês passado no mercado alemão, segundo dados divulgados na última terça-feira.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.