Vale reconhece ’impairment’ que afetará resultados

Vale reconhece dificuldades com valor de ativos e problemas com dois fornos de Onça Puma, mas diz que permanece confiante a longo prazo no mercado global de níquel

Empresa revê valor de ativos de níquel e alumínio. Ajuste de US$ 4,2 bi antes de impostos vai afetar resultados da companhia no 4º tri 2012.

Projeto Onça Puma vai gerar impairment de US$ 2,85 bi antes de impostos. Problemas com os dois fornos de Onça Puma determinaram a paralisação total de suas operações de ferro- níquel desde junho de 2012. Empresa também reconhece impairment antes de impostos de US$ 1,3 bi na Hydro ASA, produtora de alumínio norueguesa.

“A volatilidade dos preços do alumínio e as incertezas macroeconômicas sobre a economia europeia contribuíram para redução do valor de mercado da nossa participação de 22% na Hydro ASA a um nível inferior ao valor contábil do investimento”, diz companhia.

Vale diz que permanece confiante nos fundamentos de longo prazo do mercado global de níquel. Os impairments não terão efeito no fluxo de caixa da Vale e serão tratados como itens excepcionais, disse a empresa. Revisão anual de ativos será concluída em 27 de fevereiro de 2013.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também