Vale paga US$1 bi em crédito rotativo, em total de US$3 bi

Segundo a Vale, foi utilizada na amortização parte dos recursos da emissão de 1,25 bilhão em bônus com vencimento em 2021

São Paulo - A mineradora Vale pagou 1 bilhão de dólares de um total de 3 bilhões de dólares que havia tomado junto a linhas de crédito rotativo em janeiro de 2016, informou a companhia em comunicado nesta segunda-feira.

Segundo a Vale, foi utilizada na amortização parte dos recursos da emissão de 1,25 bilhão em bônus com vencimento em 2021 realizada pela empresa, em uma estratégia para "gerenciar o perfil da dívida, alongando seu prazo médio e recompondo a disponibilidade das linhas de crédito rotativo".

Mais informações em instantes

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.