Negócios

Vale mantém meta e diz ter "plano claro" para retomar capacidade

Companhia indicou que a produção no 2º semestre deverá ser maior do que 183 milhões de toneladas

Vale: analistas já haviam chamado a atenção para o fato de a companhia ter de produzir cerca de 91 milhões de toneladas por trimestre no restante deste ano para alcançar a meta (Germano Lüders/Exame)

Vale: analistas já haviam chamado a atenção para o fato de a companhia ter de produzir cerca de 91 milhões de toneladas por trimestre no restante deste ano para alcançar a meta (Germano Lüders/Exame)

R

Reuters

Publicado em 30 de julho de 2020 às 11h36.

Última atualização em 30 de julho de 2020 às 14h15.

A mineradora Vale segue buscando suas metas de produção de minério de ferro em 2020 e tem um "plano claro" para retomar capacidade de 400 milhões de toneladas ao ano da commodity em 2022, disseram nesta quinta-feira diretores da companhia.

As 400 milhões de toneladas representariam um crescimento importante na comparação com o guidance que a Vale afirma ainda perseguir para este ano, de 310-330 milhões de toneladas, apesar de dificuldades apontadas pelo mercado para atingimento da meta.

Recentemente, a Vale afirmou que é possível que a produção fique na extremidade inferior do guidance, devido aos impactos da Covid-19 e também às dificuldades adicionais para a retomada de operações paradas na esteira do desastre de Brumadinho (MG).

Em apresentação nesta quinta-feira após a divulgação dos resultados do segundo trimestre, a companhia indicou que a produção no segundo semestre deverá ser maior do que 183 milhões de toneladas, após a empresa produzir 127 milhões de toneladas no primeiro semestre.

Analistas já haviam chamado a atenção para o fato de a companhia ter de produzir cerca de 91 milhões de toneladas por trimestre no restante deste ano para alcançar a meta, o que significaria um ritmo 35% superior ao registrado no segundo trimestre.

Entre os trunfos da companhia está a maior produção no Sistema Norte, onde está o complexo de Carajás, ressaltou o diretor-executivo de Ferrosos da Vale, Marcello Spinelli.

Acompanhe tudo sobre:MinériosVale

Mais de Negócios

Não deixe o medo te parar: aula gratuita revela segredo para abrir um negócio mesmo sem experiência

Ex-executivo do Safra, hoje ele fatura R$ 14 milhões empreendendo no mercado de implante capilar

Conheça o instituto que viabiliza projetos sociais em diferentes regiões do Brasil

Ajuda da Renner ao RS terá impacto de R$ 50 milhões, diz CEO. O próximo passo: uma coleção especial

Mais na Exame