Vale contrata linha de crédito rotativo de US$ 2 bi

A Vale anunciou nesta quinta-feira a contratação de uma nova linha de crédito rotativo, no valor de US$ 2 bilhões, com prazo de cinco anos

São Paulo - A Vale anunciou nesta quinta-feira a contratação de uma nova linha de crédito rotativo, no valor de US$ 2 bilhões, com prazo de cinco anos, numa transação de melhores esforços.

De acordo com o comunicado, a linha de crédito rotativo foi contratada junto a um sindicato composto por 16 bancos comerciais globais, incluindo Barclays, Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, BNP Paribas, Crédit Agricole, Citibank, Deutsche Bank, HSBC, Intesa San Paolo, JP Morgan, Mizuho, Natixis, Royal Bank of Canada, The Bank of Nova Scotia, Société Générale, Standard Chartered e Sumitomo.

Ainda segundo a nota, a Vale e algumas das subsidiárias da mineradora podem sacar a linha de crédito rotativo a qualquer momento, ao longo de cinco anos. Com esta nova linha, o total em linhas de crédito rotativo será de US$ 5 bilhões, pois há uma linha de US$ 3 bilhões, que vencerá em 2016.

"Este instrumento forma um significativo colchão de liquidez no curto prazo e possibilita maior eficiência da gestão do caixa, sendo consistente com o nosso foco estratégico na minimização do custo do capital", diz a Vale, no texto.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.