Vale assina acordo para venda de participação na VLI

Venda de 26,5% da participação da mineradora no capital da VLI, empresa de logística integrada de carga geral, foi feita por R$ 2 bilhões

São Paulo – A Vale informou nesta segunda-feira, 23, que celebrou acordo com um fundo gerido pela Brookfield Asset Management (Brookfield) para a venda de 26,5% de sua participação no capital da VLI, empresa de logística integrada de carga geral, por R$ 2 bilhões.

Em setembro, a Vale já havia celebrado acordos para transferência de participação de 20% do capital da VLI para Mitsui e de 15,9% para o Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS (FI-FGTS), cujo patrimônio é administrado pela Caixa Econômica Federal.

Após a conclusão das transações com a Mitsui, FI-FGTS e Brookfield, a participação da Vale na VLI será de 37,6%. A conclusão das transações mencionadas está sujeita às aprovações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a outras condições suspensivas usuais.

“A venda de participações no capital da VLI é consistente com a estratégia da Vale de reduzir sua exposição a ativos considerados non-core e diminuir significativamente dispêndios futuros de capital em investimentos nesses ativos. Tal estratégia é resultante da disciplina na gestão do capital e na maximização de valor para os acionistas”, informou a Vale, em comunicado.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.