Negócios
Acompanhe:

UE apresentará acusações antitruste contra a Gazprom

A Comissão Europeia deu início a uma investigação formal sobre as práticas de mercado da Gazprom em alguns países do sul e do leste da Europa em 2012


	Gazprom: pessoa próxima à Gazprom afirmou que a companhia manifestou sua vontade de resolver a questão à Comissão
 (Andrey Rudakov/Bloomberg)

Gazprom: pessoa próxima à Gazprom afirmou que a companhia manifestou sua vontade de resolver a questão à Comissão (Andrey Rudakov/Bloomberg)

D
Da Redação

20 de abril de 2015, 13h00

Bruxelas - O regulador de concorrência da União Europeia (UE) planeja apresentar na quarta-feira uma acusação formal antitruste contra a Gazprom, empresa estatal de gás da Rússia, informou uma fonte relacionada ao assunto. A medida deve aumentar o impasse entre a Europa e a Rússia.

A Comissão Europeia deu início a uma investigação formal sobre as práticas de mercado da Gazprom em alguns países do sul e do leste da Europa em 2012, alegando suspeitas de que a empresa estava abusando de sua posição dominante nesses países em relação ao fornecimento de gás. A comissária de competição, Margrethe Vestager, disse em fevereiro que estava pronta para apresentar acusações formais contra a Gazprom.

Uma pessoa próxima à Gazprom afirmou que a companhia manifestou sua vontade de resolver a questão à Comissão na semana passada. As conversações formais foram pausadas no ano passado após a Rússia ter anexado a península da Crimeia, antes território da Ucrânia.

Com as acusações, Vestager move outra ação antitruste contra uma empresa importante de um grande país, apenas uma semana após a Comissão apresentar uma acusação formal contra o Google, dos Estados Unidos. O caso contra a Gazprom pode resultar em uma multa de bilhões de euros para a empresa. Fonte: Dow Jones Newswires.