Trabalhadores fecham acordo coletivo com a Petrobras

Após negociações, a estatal apresentou sua última proposta, neste mês, de reajuste retroativo de 8,57%

Rio – A Federação Única dos Petroleiros (FUP) está reunida com representantes da Petrobras e assina o acordo coletivo relativo a 2016, segundo o presidente da entidade, José Maria Rangel.

A discussão se arrastava desde setembro do ano passado. Por fim, após negociações, a estatal apresentou sua última proposta, neste mês, de reajuste retroativo de 8,57%.

A FUP representa 13 sindicatos da categoria. Outros cinco fazem parte da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), que decidirá no fim da tarde desta terça-feira se assinará o acordo, segundo o diretor da federação.

As duas entidades, no entanto, planejam continuar com os protestos iniciados no período de negociação do acordo trabalhista, dessa vez, por conta do programa de venda de ativos.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.