Total reduz prejuízo a US$ 1,63 bilhão no 4º trimestre

O valor é bem menor que a perda de US$ 5,66 bilhões registrada no mesmo período do ano anterior

Paris - A petrolífera francesa Total anunciou hoje que teve prejuízo líquido de US$ 1,63 bilhão no quarto trimestre de 2015, bem menor que a perda de US$ 5,66 bilhões registrada no mesmo período do ano anterior.

A melhora do resultado foi atribuída a um menor volume de baixas contábeis, que totalizaram US$ 3,7 bilhões entre outubro e dezembro, ante US$ 6,5 bilhões um ano antes.

O lucro líquido ajustado, que desconsidera fatores extraordinários e é muito acompanhado por analistas, caiu 26% na mesma comparação, a US$ 2,08 bilhões. A receita, por sua vez, diminuiu 28%, a US$ 37,75 bilhões.

O lucro líquido veio um pouco abaixo do esperado, mas o resultado ajustado surpreendeu positivamente.

Analistas consultados pela FactSet previam ganho líquido de US$ 1,67 bilhão e lucro ajustado de US$ 1,73 bilhão.

Por volta das 7h30 (de Brasília), as ações da Total caíam mais de 3% na Bolsa de Paris. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.