Steinbruch se licencia da Fiesp e é cotado para vice de Ciro

O presidente da entidade, Paulo Skaf, também se licenciou e disputará o cargo de governador de São Paulo pelo MDB.

São Paulo – O dono da CSN (Companhia Siderúrgica Nacional),  Benjamin Steinbruch, comunicou ontem à Fiesp o seu afastamento temporário do cargo de vice-presidente da entidade.

Com isso, o empresário cumpre a regra legal que exige a desincompatibilização de funções para disputar a eleição de 2018. O empresário se filiou recentemente ao Partido Progressista (PP).

Steinbruch é cotado para ser candidato a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes (PDT), segundo o jornal Folha de S.Paulo. O nome do empresário ajudaria a chapa a ganhar mais confiança do mercado.

O presidente da entidade Paulo Skaf também deixou o cargo ontem, para concorrer ao governo de São Paulo.

Josué Gomes, que também era vice-presidente da entidade, foi outro que se licenciou. Dono da Coteminas, ele é cotado como possível candidato à presidência pelo PR, segundo o Estado de S.Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.