SoftBank quer investir em negócio da Televisa-Univision, diz Bloomberg

O SoftBank Group está em negociações para investir em uma nova empresa de mídia criada por meio da combinação dos ativos de conteúdo do Grupo Televisa e da Univision Communications

O SoftBank Group está em negociações para investir em uma nova empresa de mídia criada por meio da combinação dos ativos de conteúdo do Grupo Televisa e da Univision Communications, segundo pessoas a par do assunto.

A Televisa e a Univision conversam sobre um acordo para combinar alguns ativos de conteúdo das duas emissoras de língua espanhola que podem ser avaliados em cerca de US$ 4 bilhões, disseram as pessoas, que não quiseram ser identificadas. Embora os ativos que seriam combinados na nova entidade ainda não tenham sido revelados, uma transação excluirá as divisões de notícias de ambas as empresas, disseram as pessoas.

Como parte do negócio, que pode ser anunciado ainda este mês, o SoftBank avalia um investimento na nova empresa, disseram as fontes.

Um acordo final não foi fechado e as negociações podem não ir em frente, disseram as pessoas. Representantes da Univision, que tem capital fechado, e da Televisa não puderam ser contatados de imediato para comentar o assunto. Um representante do SoftBank não quis comentar.

A Televisa e a Univision são parceiras há muito tempo. A Televisa, principal emissora do México, possui cerca de 36% da Univision. No ano passado, os controladores da Univision venderam uma participação majoritária na empresa para Wade Davis, ex-diretor financeiro da Viacom, e para a Searchlight Capital.

Não foi possível contatar um representante da Searchlight Capital para comentar o assunto.

A Televisa é controlada pelo presidente do conselho, Emilio Azcárraga Jean, neto do fundador da emissora, por meio de um consórcio que detém a maioria das ações com direito a voto de controle mexicano. Isso lhe dá o poder de eleger 11 dos 20 membros do conselho da Televisa e de vetar quaisquer decisões sobre dividendos e fusões.

A Univision tem suas raízes em uma rede de emissoras de TV nos EUA criada nas décadas de 1960 e 1970 pelo avô de Azcárraga, Emilio Azcárraga Vidaurreta, que posteriormente teve que vender a empresa para proprietários locais sob pressão de reguladores americanos. É a maior provedora de conteúdo de rádio e televisão em espanhol nos Estados Unidos.

Em resposta a uma reportagem da Bloomberg News, a Televisa disse no mês passado que negociava a combinação de alguns de seus ativos de conteúdo com a Univision.

As ações da Televisa negociadas nos Estados Unidos subiram 0,1%, para US$ 9,08 em Nova York na segunda-feira, dando à empresa valor de mercado de cerca de US$ 5,1 bilhões.

-Com a colaboração de Crystal Tse, Gerry Smith e Andrea Navarro.

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

 

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.