Santander Brasil: faturamento da GetNet cresce 33,5%

A participação do banco no "mercado de maquininhas" atingiu 13,2%. Foram 508,1 milhões de transações entre abril a junho

São Paulo – O Santander Brasil informa que a sua adquirente, a GetNet, elevou seu faturamento em 33,5% no segundo trimestre, totalizando R$ 44,1 bilhões em relação ao visto um ano antes, de R$ 33,1 bilhões. Assim, a participação do banco no “mercado de maquininhas” atingiu 13,2%, expansão de 2,2 pontos porcentuais em 12 meses, considerando dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) de março.

Em número de transações, foram 508,1 milhões de abril a junho, aumento de 9,27% sobre os três meses anteriores. Ante um ano, foi registrada expansão de 38,15%.

No primeiro semestre de 2018, a GetNet capturou R$ 85 bilhões em suas máquinas, cifra quase 32% superior a idêntico intervalo do ano passado, de R$ 64,512 bilhões.

O banco destaca ainda, em relatório que acompanha as suas demonstrações financeiras, que a GetNet avançou em seu posicionamento físico e digital com a habilitação do pagamento contactless (tecnologia NFC), que atingiu cerca de 90% da base de terminais (POS, na sigla em inglês), melhorando a experiência dos clientes.

“Além disso, lançamos a SuperGet e aprimoramos o aplicativo Getnet para oferecer uma visão integrada”, ressalta o Santander, acrescentando que, a partir da sinergia da oferta de adquirência com o banco, consegue prover solução financeira e meios de pagamento customizados aos clientes.

Segundo a instituição, a SuperGet é direcionada principalmente ao público pessoa física e empreendedores. O principal objetivo neste produto, conforme o banco, é a oferta do POS no modelo venda, com preços competitivos, taxas atrativas e novos prazos de recebimento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.