Samarco está com pedido de recuperação judicial pronto

Segundo o Estado de São Paulo, a empresa pode protocolar o pedido caso os credores resolvam pressioná-la.

São Paulo - Uma reportagem publicada pelo jornal o Estado de São Paulo afirma que a Samarco está com o pedido de recuperação judicial pronto.

A empresa pode protocolar o pedido caso os credores resolvam pressioná-la. De acordo com o jornal, a Samarco tem deixado de honrar seus compromissos com os detentores de bônus emitidos no exterior depois do rompimento da barragem de Mariana (MG).

Uma fonte ouvida pelo jornal afirma que o “caixa da companhia está praticamente zerado e a empresa tem recorrido a empréstimos das sócias para sobreviver.”

A intenção da Samarco é protelar ao máximo a medida judicial, o objetivo é se organizar para não ser pega de surpresa, apesar de acreditar que dificilmente os credores vão tomar decisões drásticas. “O consenso, porém, é que se a Samarco não voltar a operar, a recuperação judicial é inevitável”, acrescenta o jornal.

Fora do Brasil, a Samarco tem cerca de 2 bilhões de dólares em bônus emitidos, sendo 1 bilhão de dólares com vencimento em 2022, 700 milhões de dólares com vencimento em 2023 e 500 milhões de dólares com vencimento em 2024. Em dezembro de 2015, a dívida total da companhia somava 15 bilhões de dólares.

Procuradas pelo jornal, Samarco e Vale não quiseram comentar o caso

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.