Sabesp diz que IFC contratou Itaú BBA para venda de participação

Companhia afirmou que o IFC contratou o Banco Itaú BBA para auxiliá-lo no processo da capitalização
Sabesp: companhia afirmou que ainda não foi definida a estrutura a ser adotada na implementação da Holding (Sabesp/Divulgação)
Sabesp: companhia afirmou que ainda não foi definida a estrutura a ser adotada na implementação da Holding (Sabesp/Divulgação)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 21/09/2017 às 12:45.

São Paulo - A Sabesp afirmou, em resposta a ofício da Bolsa sobre nota da Coluna do Broadcast, que o Itaú BBA está contratado para o processo de venda de participação na companhia.

No último dia 18, a Coluna também informava que o estudo para a capitalização da empresa foi comandado pela International Finance Corporation (IFC). Na ocasião, a Sabesp foi procurada e não comentou.

Em referência ao Ofício sobre a nota intitulada "Sabesp contrata Itaú BBA para venda de 49% de holding", a companhia explica que o IFC contratou o Banco Itaú BBA para auxiliá-lo no processo da capitalização.

"A companhia não teve participação no processo de contratação deste consultor, ou de quaisquer outros consultores que o IFC tenha contratado ou venha a contratar para auxiliá-lo no projeto."

Além disso, informa que "até o momento, ainda não foi definida a estrutura a ser adotada na implementação da Holding. Deste modo, não é possível estimar o montante envolvido na venda de participação da Holding ou na Capitalização."