Roche investe R$ 300 milhões na fábrica do Rio de Janeiro

Unidade receberá a modernização e adaptação para tornar-se o maior polo exportador da companhia para a América Latina

	Roche: em até dois anos, alguns dos medicamentos feitos no país devem ser exportados
 (Gianluca Colla/Bloomberg)
Roche: em até dois anos, alguns dos medicamentos feitos no país devem ser exportados (Gianluca Colla/Bloomberg)
T
Tatiana VazPublicado em 16/03/2015 às 15:54.

São Paulo – Em cinco anos, a Roche investirá 300 milhões de reais na fábrica de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, para fazer com que a unidade seja o polo exportador da empresa para a América Latina.

O anúncio foi feito hoje, por meio de comunicado, pelo presidente do conselho de administração do Grupo Roche, Christoph Franz.

“O investimento reforça o nosso compromisso com a América Latina e está totalmente alinhado à nossa estratégia de crescimento no Brasil e região,” afirmou ele.

Estudos clínicos 

A companhia informa que o site do Rio de Janeiro exporta cerca de 30% da produção total para 23 países – o que corresponde a 16 milhões de unidades de medicamentos.

O plano é que, em até dois anos, alguns dos medicamentos feitos no país também passem a ser exportados.

No ano passado, a Roche investiu no mundo todo mais de 9 bilhões de francos suíços em pesquisa e desenvolvimento, o equivalente a 20% do faturamento.

No Brasil, a companhia possui 240 centros de pesquisa participantes em 79 estudos clínicos.