Renner abre primeiras lojas na Argentina e amplia atuação no Uruguai

A empresa estreou sua operação internacional em 2017, quando abriu suas primeiras lojas no Uruguai

O ano está perto do fim, mas para a Renner ainda há muito trabalho pela frente. Entre os dias 12 e 18 de dezembro, a varejista de moda irá abrir suas quatro primeiras lojas na Argentina.

As unidades serão inauguradas nas cidades de Buenos Aires e Córdoba e serão responsáveis por gerar 250 empregos diretos no país.

“Estamos muito felizes em dar mais um passo em nosso processo de internacionalização, chegando agora à Argentina, que é a segunda maior economia da América do Sul”, afirma o diretor presidente da Lojas Renner, Fabio Faccio, em comunicado.

A empresa estreou sua operação internacional em 2017, quando abriu suas primeiras lojas no Uruguai. Agora, a Renner anunciou que também está ampliando sua presença no Uruguai, com duas novas operações.

A marca fecha o ano com nove unidades no país – são sete em Montevidéu e região metropolitana, além de uma em Rivera e outra em Punta del Este. Ainda este ano a Renner lançou seu comércio eletrônico no Uruguai.

 

 

Resultados

No acumulado do ano, a Renner reportou receitas de 5,6 bilhões de reais, alta de 14,5% ante o mesmo período no ano passado. Além da marca Renner, que tem 368 lojas em operação, a empresa ainda atua com a Camicado, que tem 113 unidades, e a Youcom, com 96 lojas.

Em outubro, a varejista anunciou que irá investir 600 milhões de reais em um novo centro de distribuição em Cabreúva, SP, que irá atender tanto as operações de lojas físicas quanto o comércio eletrônico.

Com 150 mil metros quadrados, o novo centro praticamente dobra a capacidade atual da empresa. O desenvolvimento do centro também faz parte do processo de transformação digital da companhia, para tornar sua operação mais omnichannel.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.