Receita da Claro Brasil fica estável no 1º trimestre

Receita líquida de R$ 8,88 bilhões representa recuo de 0,5% em relação ao resultado obtido no mesmo período do ano passado

A Claro Brasil teve receita líquida de 8,88 bilhões de reais no primeiro trimestre, baixa de 0,5 por cento ante o obtido um ano antes, informou a operadora dona das marcas Claro, Embratel e Net e que é controlada pela mexicana América Móvil.

Pesou sobre a receita a queda de 4,2 por cento na receita com serviços fixos, que recuou para 5,78 bilhões de reais no período. A receita com serviços móveis subiu 9,9 por cento, para 2,82 bilhões de reais.

A companhia teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de 2,736 bilhões de reais, crescimento de 3,8 por cento na comparação anual. A margem no período subiu 1,3 ponto percentual, para 30,8 por cento.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.