Rappi oferece assistência ao entregador vítima de racismo; Huck doa moto

Entregador sofreu racismo em Valinhos, no interior de São Paulo. iFood também se manifestou

 

Nesta sexta-feira, 7, circula nas redes sociais um vídeo no qual um entregador é insultado por um cliente racista em um condomínio em Valinhos, no interior de São Paulo.

“Você tem inveja disso aqui. Você tem inveja dessas famílias aqui. Você tem inveja disso aqui também [passando a mão no antebraço e se referindo à cor da pele]. Você nunca vai ter. Eu já nasci rico. Você é semianalfabeto”, disse o homem, que não teve o nome revelado, ao entregador Matheus Pires.

Após a indignação dos internautas, a empresa de entregas Rappi informou no Twitter que “repudia todo ato de discriminação e vai buscar contato com o Matheus para prestar apoio e orientação jurídica.” Procurada pela EXAME, a Rappi comentou também que “tem tolerância zero contra qualquer forma de racismo e discriminação, e um compromisso de combater esse tipo de violência. Vamos banir o usuário de nossa plataforma por não concordarmos com sua conduta e contatamos Matheus Pires, nos colocando à disposição para ajudar com o que for necessário.”

A plataforma de entregas iFood também informou que removeu o usuário. “Baseados nos termos de uso do aplicativo, o IFood descadastrou o usuário agressor da plataforma. A empresa está em contato para oferecer ao entregador apoio jurídico e psicológico. Ao receber qualquer tipo de relato com teor como este, o IFood apura as ocorrências e, quando comprovada o descumprimento dos termos e condições de uso, desativa o cadastro dos envolvidos. A empresa está à disposição para colaborar com a investigação do caso e aguarda mais informações das autoridades responsáveis”.

Já o apresentador Luciano Huck entrou em contato com Pires e se disponibilizou a dar uma moto com a ajuda de parceiros. O anúncio foi feito no Instagram do apresentador, quando o entregador participou de uma live e contou toda a história.

“Fomos à delegacia e ele me chamou de favelado na frente da polícia, isso está no boletim de ocorrência e, ainda assim, ele saiu de lá pela mesma porta que saí”, diz Pires no vídeo ao vivo.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.