A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Produtora de platina Amplats cortará 14 mil empregos

Maior produtora de platina no mundo irá paralisar duas minas na África do Sul e vender outra para restaurar sua lucratividade

Johanesburgo - A Anglo American Platinum, maior produtora de platina no mundo, vai paralisar duas minas na África do Sul, venderá uma outra e cortará 14 mil postos de trabalho para restaurar sua lucratividade, decisão que pode repetir as greves que no ano passado resultaram em 50 mortes.

A esperada revisão de negócios anunciada pela empresa nesta terça-feira, a produtora de platina afirmou que planeja cortar a produção em cerca de 20 por cento, para 400 mil onças. A Anglo American Platinum é controlada em 80 por cento pela Anglo American.

O preço da platina subiu 1,6 por cento, superando o ouro pela primeira vez em dez meses, após o anúncio.

A resposta dos trabalhadores foi imediata, com o líder sindical da Amplats ameaçando anúncio de greve nas operações sul-africanas.

"Se colocarem qualquer mina em manutenção, todas as operações vão parar. Não aceitaremos nada disso", afirmou o líder sindical Evans Ramogka, que responde pela base da cidade de Rustenburg, onde haverá a maioria dos cortes.

Os 14 mil postos que serão cortados representam 3 por cento dos empregos em mineração na África do Sul, onde a taxa de desocupação é de 25 por cento.

Na segunda-feira, a companhia avisou que provavelmente terá prejuízo por causa das greves em 2012, centradas em Rustenburg.

A companhia disse que duas minas em Rustenburg --Khuseleka e Khomanani-- serão colocadas em "manutenção e cuidado de longo prazo", quando as minas são mantidas, mas não operadas, para que possam ser retomadas no futuro.

A companhia também anunciou que fará "desinvestimento nas minas Union no momento adequado para maximizar o valor sob outra administração". A Reuters tinha adiantado na segunda-feira que a companhia venderia a Union.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também