Negócios

Produção de veículos sobe 43,9% em agosto contra agosto de 2021, diz Anfavea

Na comparação com julho, a alta foi de 8,7%

Essa é a maior produção de veículos desde novembro de 2020 (Alan Schein Photography/Getty Images)

Essa é a maior produção de veículos desde novembro de 2020 (Alan Schein Photography/Getty Images)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 9 de setembro de 2022 às 11h01.

A produção das montadoras de veículos alcançou em agosto o maior volume em 21 meses, somando 238 mil unidades, entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus. O número supera em 43,9% o total do mesmo mês de 2021. Na comparação com julho, a alta foi de 8,7%, conforme mostra balanço divulgado nesta sexta-feira, 9, pela Anfavea, a associação que representa a indústria de veículos.

É a maior produção de veículos desde novembro de 2020, quando 238,2 mil veículos foram montados no País. Com o resultado, as montadoras invertem o sinal negativo e passam a mostrar crescimento de 4,7% no acumulado desde o primeiro dia do ano, com 1,55 milhão de unidades montadas nos oito primeiros meses.

Apesar de a irregularidade no fornecimento de peças persistir, interrompendo parte ou toda a produção em fábricas de montadoras como Volkswagen e Nissan, as paradas tornaram-se menos frequentes, permitindo uma recomposição da oferta.

Assim, a indústria vem conseguindo entregar mais carros para os clientes frotistas, especialmente locadoras de carros, o que permitiu em agosto o melhor resultado em vendas dos últimos 20 meses.

Na soma de todas as categorias, 208,6 mil veículos foram vendidos no mês passado, com alta de 20,7% frente ao número de um ano antes e de 14,6% em relação a julho.

O ritmo diário de vendas, que girou entre 8,5 mil e 8,7 mil entre maio e julho, passou pela primeira vez das 9 mil unidades neste ano. Assim, mostra o balanço da Anfavea, a queda do mercado no acumulado desde o início do ano, que estava em 12% até julho, foi reduzida para 8%, com 1,31 milhão de veículos emplacados de janeiro a agosto.

As exportações seguem subindo, somando 46,8 mil veículos no mês passado, 58,9% a mais do que em agosto de 2021. Na margem - ou seja, de julho para agosto -, os embarques, que tem a Argentina como principal destino, subiram 11,7%. Nos oito primeiros meses do ano, as montadoras exportaram 335 mil veículos, o que corresponde a um crescimento de 32,2%.

O levantamento da Anfavea mostra ainda que as montadoras abriram 255 vagas de trabalho em agosto, encerrando o mês com 104,2 mil pessoas empregadas. Em doze meses, 1,1 mil postos foram criados no setor.

Veja também:

Empresa brasileira quer combater câncer com tecnologia high tech que vem do agro; entenda

Últimos dias: inscreva-se no MM Talks e descubra no que as empresas de sucesso estão de olho

Acompanhe tudo sobre:Indústrias em geralVeículosVendas

Mais de Negócios

Mukesh Ambani: quem é o bilionário indiano que vai pagar casamento de R$ 3,2 bilhões para o filho

De vendedor ambulante a empresa de eletrônicos: ele saiu de R$ 90 mil para mais de R$ 1,2 milhão

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Descubra 4 formas de pedir empréstimo e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma

Mais na Exame