Produção de veículos sobe 33,4% em julho ante julho de 2021, diz Anfavea

Frente a junho, a alta foi de 7,5%, conforme balanço divulgado nesta sexta-feira
Entre carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans caminhões e ônibus, 219 mil unidades foram produzidas no mês passado (Graham Crouch/Bloomberg/Getty Images)
Entre carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans caminhões e ônibus, 219 mil unidades foram produzidas no mês passado (Graham Crouch/Bloomberg/Getty Images)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 05/08/2022 às 10:42.

Última atualização em 05/08/2022 às 10:43.

No maior volume em 20 meses, a produção da indústria de veículos terminou julho marcando crescimento de 33,4% em relação ao mesmo período de 2021. Frente a junho, a alta foi de 7,5%, conforme balanço divulgado nesta sexta-feira, 5, pela Anfavea, a associação que representa as montadoras.

Entre carros de passeio e utilitários leves, como picapes e vans caminhões e ônibus, 219 mil unidades foram produzidas no mês passado, número mais alto desde novembro de 2020 (238,2 mil).

A irregularidade no fornecimento de peças ainda persiste, sendo responsável no mês passado por paradas, de parte ou toda a produção, em fábricas de marcas como Volkswagen, Nissan, Renault e Mercedes-Benz (caminhões).

A reabertura do porto de Xangai, após restrições que, entre abril e maio, congestionaram o transporte internacional de mercadorias, trouxe, porém, um alívio ao fluxo de peças.

No acumulado desde o primeiro dia do ano, a queda de produção nas montadoras foi reduzida a 0,2% na comparação com igual período de 2021, somando agora 1,31 milhão de unidades.

Veja também:

Veículos elétricos: o caminho a seguir para que eles virem maioria

Dia da Cerveja: de cursos a cinema com cerveja grátis, veja opções para comemorar a data