Prioridade é reacomodar passageiros fora de casa, diz Itapemirim

A companhia orienta ainda os passageiros que não tentem realizar check-in online e não compareçam aos aeroportos antes de contatar a empresa aérea
 (Itapemirim/Divulgação)
(Itapemirim/Divulgação)
D
Da Redação

Publicado em 19/12/2021 às 14:31.

Última atualização em 21/12/2021 às 16:31.

Passageiros da ITA, do grupo Itapemirim, foram pegos de surpresa nas últimas horas com o cancelamento dos voos da companhia aérea após paralisação das operações. Agora, depois de protestos, a companhia comunica que está dando continuidade aos seus esforços de assistência aos passageiros e orienta que apenas os clientes que estejam fora de seu domicílio, e que tenham viajado anteriormente com a ITA, entrem em contato nos canais de atendimento da companhia, exclusivamente para reacomodação de retorno aos seus destinos de origem.

Clientes que ainda estejam em sua cidade de domicílio, com voos programados a partir de hoje, serão atendidos exclusivamente com o reembolso integral dos valores pagos.

A companhia orienta ainda os passageiros que não tentem realizar check-in online e não compareçam aos aeroportos antes de contatar a empresa aérea.

Para solicitar o reembolso, o cliente pode procurar sua agência de viagem, enviar um e-mail para falecomaita@voeita.com.br com o nome completo e número do localizador de sua reserva ou fazer a solicitação diretamente pelo site da companhia.

Em comunicado, a companhia informa ainda que segue trabalhando em conjunto com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) para mitigar os efeitos causados aos passageiros pela suspensão temporária de suas operações. E que tem contado com o apoio das demais companhias aéreas nacionais para a reacomodação de passageiros impactados.

O Grupo Itapemirim também está utilizando a sua empresa de transporte rodoviário, a Viação Itapemirim, como parte do plano de contingência para a reacomodação dos passageiros por via terrestre.