Por que a Nestlé incluiu libras e legendas em sua comunicação

Companhia completa esforços de promover acessibilidade para pessoas surdas

A Nestlé, multinacional presente em 99% dos lares brasileiros, quer tomar ações concretas para promover a inclusão. A companhia adaptou seus canais para promover o acesso a pessoas surdas, usando recursos com vídeo atendimento em libras, legendas e áudio descrição.

O mundo está mais complexo, mas dá para começar com o básico. Veja como, no Manual do Investidor

A ação da companhia veio da necessidade: hoje, segundo o IBGE, mais de 10 milhões de cidadãos brasileiros são surdos -- e pelo menos 2,7 milhões têm surdez profunda. Além disso, dos profissionais com deficiência que trabalham na multinacional, 35% têm deficiência auditiva.

“Nesse momento tão atípico que todos estamos vivendo, entendemos que oferecer o acesso a esse serviço era o caminho correto que tínhamos a seguir”, comenta Helen Andrade, Head de Diversidade e Inclusão da Nestlé.

Na prática, os novos serviços para acessibilidade incluem o Serviço Nestlé de Atendimento ao Consumidor, que usará vídeo em libras, e as novas peças publicitárias da companhia, como a que comemorou os 100 anos da empresa. Para os funcionários, o Programa Especializado de Apoio ao Colaborador também terá funções de acessibilidade incorporadas.

As novas ações completam os esforços da companhia para inclusão de deficientes auditivos. Um exemplo disso é o da Fábrica da Garoto em Vila Velha (ES), que tem mais de 90 colaboradores surdos. A unidade possui uma tradutora na equipe interna e realiza treinamentos adaptados com libras.

“Esse é um cuidado muito importante, de ter materiais que de fato sejam compreensíveis para as pessoas surdas. Contar com um time de pessoas surdas fez toda a diferença para conseguirmos fazer algo que atenda de fato as necessidades desse público”, finaliza Helen.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.