Por dentro da Netshoes, em São Paulo e Barueri

Em suas sedes administrativas ou nos centros de distribuição, a empresa faz de tudo para deixar claro o que realmente é: uma loja online de artigos esportivos
Corredor no estoque do centro de distribuição da Netshoes, em Barueri (Luísa Melo/Exame.com)
Corredor no estoque do centro de distribuição da Netshoes, em Barueri (Luísa Melo/Exame.com)
L
Luísa MeloPublicado em 12/11/2013 às 11:21.

São Paulo - Na Netshoes, o esporte é algo presente não só nas transações internas e nas milhares de caixas empilhadas no centro de distribuição, mas também no ambiente corporativo. Todo mês, a empresa elege uma modalidade e decora todos os prédios com imagens e informações sobre aquele esporte, além de realizar palestras e eventos para aprofundar o conhecimento dos funcionários a respeito do tema. Outubro foi o mês do basquete.

A ideia, é nunca perder de vista o foco da companhia. "Somos uma loja de artigos esportivos na internet. Respiramos esporte, associado à ousadia e dinamismo do e-commerce", diz Graciela Tanaka, diretora de operações da Netshoes. A empresa, que começou em 2000 como uma pequena sapataria no centro de São Paulo, hoje só existe no mundo virtual e já tem mais de 2 mil funcionários. "Crescemos muito, mas o espíritio de startup continua", ressalta Graciela.

É por isso que a corporação busca qualificar seu pessoal e se renovar sempre. Ao entrar para  a Netshoes, os funcionários têm um plano de carreira definido: eles podem seguir pela área de gestão (para se tornarem coordenadores e diretores), ou pela área de especialistas (para aprofundar conhecimentos técnicos). Para chegar lá, eles recebem todo o suporte da compahia: desde cursos de idiomas, negócios e técnicos, ministrados internamente na Universidade Corporativa Formação Netshoes;  até apoio financeiro para se dedicarem a pós-graduação e MBA, em outras intituições de ensino.  Nas fotos, conheça mais sobre a empresa: