Por coronavírus, Via Varejo fecha mais de 1.000 lojas temporariamente

Medida atinge principalmente as lojas das marcas Casas Bahia e Ponto Frio
Coronavírus: varejista se junta a Renner, Marisa, entre outras empresas, nas suspensão das atividades (Germano Lüders/Exame)
Coronavírus: varejista se junta a Renner, Marisa, entre outras empresas, nas suspensão das atividades (Germano Lüders/Exame)
Por ReutersPublicado em 22/03/2020 13:27 | Última atualização em 22/03/2020 20:14Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A varejista Via Varejo anunciou o fechamento temporário de todas as lojas no país para ajudar a conter a disseminação do coronavírus, juntando-se a outras grandes empresas do setor.

Em comunicado divulgado ao mercado na noite de sábado, a empresa disse que suas redes de lojas Casas Bahia e Ponto Frio fecharão suas 845 e 216 lojas, respectivamente, com efeito imediato, mas continuarão as operações online.

 

Nos últimos dias, Riachuelo, Marisa e Lojas Renner anunciaram o fechamento por tempo indeterminado de todas as suas lojas, o que significa que milhares de estabelecimentos de algumas das redes mais conhecidas do país ficarão fechadas.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus