Polestar produzirá sedã elétrico rival do Model S, da Tesla, na China

A montadora, do mesmo grupo que controla a Volvo Cars, acaba de confirmar a produção do Precept

A Polestar, do mesmo grupo chinês que controla a Volvo Cars, acaba de confirmar a produção do sedã elétrico Precept, que deve vir para brigar com o Model S da Tesla. O novo veículo promete ser uma revolução no segmento.

O modelo da Polestar será produzido na China, em uma fábrica totalmente nova. A unidade será não só neutra em emissões de carbono, como também uma das instalações mais inteligentes e conectadas do mundo.

O Precept promete não só um design do futuro e alta tecnologia, como o uso de materiais sustentáveis ​​inovadores, por dentro e por fora.

“Os consumidores querem ver mudanças neste setor, não apenas sonhos. Estamos comprometidos em reduzir o impacto ambiental de nossos carros e de nossos negócios”, disse Thomas Ingenlath, presidente da Polestar, em comunicado.

De acordo com a montadora, o interior do Polestar Precept terá uma mistura de materiais sustentáveis, incluindo garrafas PET e redes de pesca reciclados.

A Polestar é uma empresa do grupo chinês Geely, que também detém o controle da Volvo Cars. O conglomerado está investindo em várias frentes no segmento de carros elétricos e promete entrar pesado no mercado de veículos eletrificados.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?

Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?

Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.